Na falta de uma boa noite de sono, você pode ter “microssonecas”

Dormir por alguns segundos durante o dia pode resultar em problemas

São Paulo – Sentir as pálpebras pesarem por apenas uma fração de segundo enquanto assiste a um filme ou lê um livro é extremamente comum. O que muitos não sabem é que esse fenômeno é conhecido como “microsleep” (“microssonecas”, em tradução livre). O fenômeno ocorre quando partes fundamentais do cérebro se desligam por alguns segundos de cada vez. Isso significa que, enquanto você não está dormindo, certamente não está acordado também.

Essa ação, no entanto, é perigosa. De acordo com a Fundação AAA para Segurança no Trânsito, uma organização de pesquisa e segurança no trânsito, cerca de 16,5% dos acidentes de carro fatais nos EUA são causados ​​pelo microsleep. “É como ser um zumbi por alguns breves momentos – sem a parte ‘comer carne humana'”, escreveu Megan Schmidt para o blog da revista Discover Magazine, O Crux.

Segundo Walker, até perder uma hora de sono pode ser prejudicial. “Há um experimento global que é realizado em 1,6 bilhão de pessoas duas vezes por ano e é chamado de horário de verão”, disse ele. “E sabemos que na primavera, quando perdemos uma hora de sono, vemos um aumento subseqüente de 24% nos ataques cardíacos no dia seguinte.” Em um experimento de 2012, os participantes foram convidados a jogar um jogo de computador de 50 minutos no qual eles seguiam um ponto ao redor da tela usando um joystick.

Durante esse período, os pesquisadores monitoraram o movimento dos olhos e a atividade cerebral, procurando por sinais de sonolência. De acordo com o relatório, os sujeitos experimentaram uma média de 79 episódios de microssonecas, com alguns episódios durando um total de seis segundos. A pesquisa descobriu que, durante o microsleep, certas partes do nosso cérebro “tentam restaurar a capacidade de resposta” nas que desligam, talvez desencadeando o súbito choque involuntário que você sente quando sua cabeça começa a cair.

Um dos maiores desastres envolvendo o microsleep, relata a revista Discover, é o acidente de 2009 do AirFrance Flight 447 que resultou em 228 mortes. Assim que os investigadores ouviram as gravações do avião, eles encontraram o capitão reclamando que ele estava correndo em apenas uma hora de sono.

Parece, no entanto, que a melhor solução para as microssonecas é mesmo ter uma quantidade adequada de sono.