Lollobrigida leiloará joias para pesquisar células-tronco

As peças a serem leiloadas foram criadas nos anos 1950 e 1960, e fazem parte da exposição "Bulgari, 125 anos de Magnificência Italiana"

Genebra – A atriz italiana Gina Lollobrigida vai leiloar algumas de suas joias em maio, em Genebra, e entregará parte dos lucros à pesquisa sobre células-tronco, anunciou nesta terça-feira a casa Sotheby’s.

As peças a serem leiloadas foram criadas nos anos 1950 e 1960, e fazem parte da exposição “Bulgari, 125 anos de Magnificência Italiana” montada no Grand Palais de Paris, no final de 2010.

“O conjunto das joias vendidas pela atriz está avaliado entre dois e três milhões de dólares”, declarou à AFP uma porta-voz da Sotheby’s.

A atriz, citada no comunicado de Sotheby’s, declarou que atualmente se dedica à escultura e que “um escultor não necessita de joias”.

Lollobrigida, nascida em 1927, também afirmou que deseja contribuir para uma causa importante, “as terapias celulares com as quais as crianças doentes poderão se beneficiar”.