Justin Bieber submete-se a teste de paternidade

O cantor nega que seja o pai da criança, gerada por uma jovem de 20 anos

Los Angeles – O ídolo adolescente Justin Bieber disse ter se submetido a um teste de paternidade para demonstrar que não é o pai do bebê de uma jovem de 20 anos, que por sua vez afirmou nesta quarta-feira que está disposta a realizar um teste de DNA em seu filho.

“É muito louco. As pessoas inventam acusações falsas. Se alguém está nos holofotes, isso vai acontecer”, disse na terça-feira o cantor canadense de 17 anos no programa de David Letterman no canal CBS.

O anfitrião do “talk show” se solidarizou com Bieber e disse que ficou surpreso ao ler as acusações de Mariah Yeater, acrescentando que “algo não cheirava bem”.

“Também acho que algo não cheira bem”, respondeu Bieber.

Bieber disse a Letterman que fez o teste de DNA para provar que não era pai da criança de Yeater.

Yeater, que deu à luz um bebê em julho, afirma que ela e Bieber se encontraram no backstage em um show em outubro do ano passado em Los Angeles, onde eles teriam tido relações sexuais que a deixaram grávida.