ISS sofre problemas de abastecimento de energia elétrica

A Estação Espacial Internacional funciona em regime de máximo economia nesta segunda-feira

Moscou – A Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês) experimenta problemas de provisão de energia elétrica e funciona em regime de máximo economia, informou nesta segunda-feira uma fonte do setor aeroespacial russo à agência “Interfax”.

“Já que os astronautas não tiveram tempo de substituir o bloco MBSU (de distribuição de energia), a estação não recebe energia de duas baterias solares”, informou a fonte.

Além disso, outra bateria não abastece a plataforma devido a um pico de tensão em um de seus comutadores, acrescentou.

Deste modo três das oito baterias solares da plataforma não cumprem com sua função, por isso que os integrantes da estação se impuseram estritas medidas de economia de energia elétrica.

Em particular, os astronautas desligaram alguns equipamentos científicos.

Na próxima quarta-feira, a astronauta americana Sunita Williams e o japonês Akihiko Hoshide tentarão de novo instalar um distribuidor elétrico da ISS para substituir outro estragado, algo que não conseguiram fazer durante a caminhada espacial da quinta-feira passada.

Os astronautas conseguiram retirar e armazenar a unidade danificada, mas tiveram dificuldades para fixar a nova em uma das vigas principais da plataforma, que orbita a 380 quilômetros da Terra