Israel põe em órbita seu quinto satélite de comunicações

Jerusalém -  Israel colocou em órbita seu quinto satélite de comunicações, lançado da famosa base russa em Baikonur (Cazaquistão), informou neste domingo a empresa...

Jerusalém –  Israel colocou em órbita seu quinto satélite de comunicações, lançado da famosa base russa em Baikonur (Cazaquistão), informou neste domingo a empresa responsável, as Indústrias Aeroespaciais de Israel.

O satélite, de nome Amos 4, foi lançado ontem à noite no foguete russo Zenit 3SLB, do qual se separou finalmente nesta manhã, detalhou em comunicado a companhia, que desenvolve produtos de uso civil e militar.

O satélite já começou a se comunicar com a estação de controle terrestre e, nas próximas três semanas, se deslocará até o ponto onde será testado antes de chegar a sua localização permanente.
Amos 4 é “o maior e mais sofisticado satélite de comunicações construído em Israel até o momento”, ressaltou a empresa.

O satélite fornecerá serviços de telecomunicações e Internet banda larga para Rússia, Índia, Sudeste Asiático e Oriente Médio. Até hoje, Israel tinha colocado em órbita quatro satélites de comunicação, o primeiro em 1996, Amos 1, que deixou de operar nos últimos anos.

Foi seguido pelo Amos 2 em 2003, que proporciona serviços para Oriente Médio, Europa e costa leste dos Estados Unidos. Cinco anos depois lançou Amos 3. Em 2011 foi a vez de Amos 5, o primeiro que não foi construído pelas Indústrias Aeroespaciais de Israel, mas foi comprado dos Sistemas de Informação de Satélites JSC da Rússia.

Israel conta também com satélites de espionagem que foram desenvolvidos nas últimas três décadas.