IPT faz parceria com instituto sul-coreano

Acordo, prevê desenvolvimento de projetos nas áreas de plásticos verdes, gaseificação de biomassa e silício grau solar

São Paulo – O Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) e o Korea Institute of Industrial Technology (Kitech), da Coreia do Sul, assinaram acordo de cooperação técnica que permitirá às duas instituições trocar experiências e informações em áreas estratégicas em pesquisa e desenvolvimento.

O acordo, que terá vigência de cinco anos, prevê desenvolvimento de projetos nas áreas de plásticos verdes, gaseificação de biomassa e silício grau solar (aplicado na fabricação de células fotovoltaicas).

Além disso, a cooperação permitirá dar suporte tecnológico ao desenvolvimento de pequenas e médias empresas nessas áreas.

De acordo com o IPT, uma das vantagens da cooperação é a semelhança de perfil entre as duas entidades, composto basicamente por 50% de serviços tecnológicos e 50% de projetos em pesquisa e desenvolvimento.

Outro ponto em comum é que ambos os institutos trabalham com tecnologias em processo final de maturação, preparando-as para sua inserção no mercado.

Leia outras notícias sobre Pesquisa e Desenvolvimento

Siga as notícias de Ciência do site EXAME no Twitter