Inteligência artificial prevê o que vai acontecer com 40% de precisão

Ainda longe de atuar na segurança e prevenir crimes, a tecnologia dá seus primeiros passos para ajudar humanos na cozinha

São Paulo — Pesquisadores da Universidade de Bonn, na Alemanha, criaram um software de inteligência artificial que pode prever o que vai acontecer em um vídeo com mais de 40% de precisão. O vídeo divulgado para exemplificar seu funcionamento mostra a preparação de receitas culinárias.

O programa prevê o que será feito pelo humano nos próximos instantes. Porém, a precisão cai para 15% quando ele tenta adivinhar o que acontecerá três minutos no futuro.

Para realizar essa função, a inteligência artificial foi instruída com 40 vídeos de pessoas preparando saladas. Eles tinham cerca de 6 minutos de duração e envolviam 40 diferentes ações. No total, foram 4 horas de gravações para que ela aprendesse como era feita essa atividade humana.

Depois disso, os pesquisadores mostraram a ela apenas 30% de novos vídeos de preparo de receitas e solicitaram previsões do que aconteceria, com informações precisas sobre o tempo em que algo seria feito.

A aplicação esperada pelos pesquisadores dessas técnicas de análise computacional de imagens e previsão de acontecimentos é para criar produtos tecnológicos que ajudem os humanos. Um exemplo seria um forno que “sabe” exatamente quando a comida está pronta.

Feitos científicos como esse mostram parte do potencial da inteligência artificial nas nossas vidas. Ela ainda não pode ser usada para prever acontecimentos importantes ou crimes, como no filme de 2002 Minority Report, no qual os precogs preveem assassinados, fazendo com que a política prenda os criminosos antes mesmo de terem matado alguém. Mas isso é já um começo e a inteligência artificial pode, dentro de poucos anos, ajudar as pessoas a realizar tarefas simples para humanos e deixar mais tempo livre para outras atividades.

Veja o vídeo do experimento científico a seguir.