Geron: 1º tratamento com células-tronco de embriões humanos

Objetivo do teste clínico pioneiro é avaliar a segurança e tolerância às células

Washington – Médicos americanos começaram a tratar pela primeira vez um paciente com células-tronco de embriões humanos, dentro de um teste clínico autorizado, anunciou nesta segunda-feira a empresa de biotecnologia Geron Corporation.

“O começo do teste clínico GRNOPC1 é uma etapa importante para as terapias humanas baseadas nas células-tronco embrionárias”, destacou em um comunicado o dr. Thomas Okarma, presidente da Geron.

O principal objetivo deste teste clínico de fase 1 é avaliar a segurança e a tolerência a estas células derivadas de células-tronco embrionárias chamadas GRNOPC1 nas pessoas paralisadas depois de uma lesão na medula.

Os participantes no estudo devem ter sofrido sua lesão recentemente e receber as GRNOPC1 em um período de menos de 14 dias, precisou a Geron.

O primeiro paciente foi selecionado no centro Shepherd de reabilitação e de pesquisas de lesões da medula e do cérebro de Atlanta (Geórgia).

É um dos sete centros potenciais de recrutamento de pacientes no país para o teste clínico.

Leia mais notícias sobre biotecnologia

Siga as notícias do site EXAME sobre Ciência no Twitter