Foguete de dono da Amazon deve ir para o espaço até o final de 2015

A Blue Origin anunciou que encerrou a fase preliminar de testes de seu propulsor a hidrogênio

Jeff Bezos é dono da Amazon, do Washington Post, de uma frota de drones, e agora está pronto para mandar um foguete a hidrogênio para o espaço.

A Blue Origin, empresa de exploração espacial do bilionário anunciou nesta terça (7) que terminou os “testes de aceitação” do BE-3, o propulsor do New Shepherd, como é chamado o sistema suborbital da empresa. O motor será “modificado para as próximas fases”, que provavelmente devem envolver o envio do foguete para fora da órbita terrestre.

Os primeiros voos testes estão marcados para começar no final de 2015, segundo a Reuters.

Geralmente, quando uma empresa está criando uma nova parte ou sistema, os testes de aceitação são o último estágio de provas, usados para comprovar se o protótipo irá funcionar com clientes.

O cliente, nesse caso, será qualquer pessoa que queira ir para o espaço. A Blue Origin afirma que seu objetivo é “diminuir drasticamente os custos e aumentar a confiança” de viagens espaciais, com oportunidades para pesquisadores estudarem seus projetos em microgravidade, entre outras coisas.

Se tudo der certo, a New Shepherd será uma cápsula para três tripulantes, instalada no topo de um foguete a hidrogênio. O próximo conjunto de propulsores a ser testado será de gás natural líquido, chamado de BG-4.

“O hidrogênio líquido é desafiador, a decolagem é desafiadora, o reuso é desafiador”, afirma Bezos. “Esse foguete tem os três. As recompensas são o alto desempenho, o pouso vertical mesmo com um único motor e o baixo custo.”

O turismo espacial cresceu em popularidade e em viabilidade nos últimos anos. Bilionários como Elon Musk, com a SpaceX, e Richard Branson, da Virgin Galactic, estão investindo bilhões de dólares na criação de empresas aeroespaciais, com o objetivo de entrar em órbita até o final da década.