Evidência aponta que existe água líquida em Marte atualmente

Cientistas da NASA, agência espacial americana, encontraram a evidência mais forte de que há água fluindo em Marte

A ciência já sabe que houve água corrente em Marte. Mas novas evidências apontam que ainda pode existir água fluindo pelo planeta atualmente.

Cientistas da NASA, agência espacial americana, encontraram a evidência mais forte de que há água fluindo em Marte. Um artigo sobre a descoberta foi publicado na revista Geophysical Research Letters.

As imagens usadas no estudo foram capturadas pela sonda Mars Reconnaissance Orbiter (MRO). Essa sonda é responsável pelo reconhecimento da superfície marciana desde 2006, quando entrou na órbita de Marte.

As fotos revelam linhas escuras que se aprofundam nas encostas do solo do planeta quando a temperatura sobe. Isso pode significar mudanças sazonais nos minerais de ferro presentes nas encostas que deixam as manchas mais evidentes no calor do que em baixas temperaturas.

Existem duas explicações possíveis para essas manchas: um aumento dos componentes mais oxidados dos minerais, ou um escurecimento total devido à humidade. Isso só é possível quando há água.

Portanto, ambas as explicações apontam para a presença de água, mesmo que ela não tenha sido detectada diretamente. Sugerem que existe água congelada e que parte dessa água derrete durante os meses quentes, fluindo pela superfície árida de Marte.

Mas vale ressaltar que os cientistas ainda não têm certeza de que esse fluxo é, de fato, uma evidência de água. A NASA continuará estudando as marcas escuras e as temperaturas no solo do planeta para ter certeza do que se trata.