EUA e UE redigirão ‘código de conduta’ no espaço

'Um Código de Conduta ajudará a manter a sustentabilidade, a segurança e a estabilidade do espaço", disse Hillary Clinton

Washington – Os Estados Unidos anunciaram nesta terça-feira que redigirão junto com a União Europeia (UE) e outros países um Código Internacional de Conduta nas Atividades do Espaço Exterior, documento que pode servir como base para uma futura normativa para a vida fora da Terra.

‘Um Código de Conduta ajudará a manter a sustentabilidade, a segurança e a estabilidade do espaço, ao estabelecer uma orientação para o uso responsável do mesmo’, indicou a secretária de Estado americana, Hillary Clinton.

Hillary assegurou que o documento é necessário para proteger o entorno espacial do ‘grave risco que representam o lixo espacial e os agentes irresponsáveis’.

‘Os sistemas espaciais permitem o livre movimento das informações através de plataformas que abrem nossos mercados globais, melhoram a previsão meteorológica e a supervisão ambiental e permitem a navegação e o transporte globais’, disse a secretária de Estado.

Os Estados Unidos não aceitarão, porém, ‘nenhum código de conduta que de qualquer modo limite suas atividades espaciais relacionadas com a segurança nacional ou sua capacidade de proteger o país e seus aliados’, advertiu Hillary.

‘No entanto, estamos preparados para trabalharmos juntos a fim de reverter as preocupantes tendências que estão prejudicando nosso entorno espacial, e para preservar os ilimitados benefícios e a promessa do espaço para as futuras gerações’, acrescentou.

O código de conduta inscreve-se na Estratégia de Segurança Nacional do Espaço (NSSS, por sua sigla em inglês) que o Pentágono apresentou no início de 2011, e cujo objetivo é garantir a supervisão das atividades militares e de inteligência, obstruída em algumas ocasiões pelo lixo espacial que interfere em suas radiofrequências.