Estudo mostra que shoyu brasileiro é feito à base de milho

Condimento tem menos de 20% de soja, segundo análise

São Paulo – O shoyu brasileiro é feito à base de milho. É isso que indica um estudo realizado por pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP), no Centro de Energia Nuclear na Agricultura e na Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Foram feitas análises com 70 amostras do condimento vendidas no Brasil. A presença média de soja nos produtos avaliados era de menos de 20%. Apesar de normalmente ser à base de soja no Oriente, ele é feito com milho no mercado nacional. O trigo e a cevada podem ser misturados ao shoyu, mas não fazem parte da composição principal do produto.

Para os pesquisadores, o condimento vendido no Brasil nem deveria levar o nome de shoyu, como informa a Revista Pesquisa, da Fapesp.

A legislação não impede o uso de milho na produção de shoyu.

A provável razão para a substituição apontada pelos pesquisadores é o fato de que o milho custa menos do que a soja no país.

A pesquisa completa foi publicada no Journal of Food Composition and Analysis.

Veja também
Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Alcides Faria

    Cerveja brasileira tbém é feita de milho