Ebola mata 28 pessoas em dois dias no oeste da África

Epidemia de febre hemorrágica causada pelo vírus Ebola matou 28 pessoas em dois dias em três países do oeste da África

A epidemia de febre hemorrágica causada pelo vírus Ebola matou 28 pessoas em dois dias, entre 18 e 20 de julho, em três países do oeste da África, o que eleva o total de vítimas da doença para 660 mortos, indicou a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Além disso, já são 1.093 casos registrados.

Paul Garwood, porta-voz da OMS, afirmou houve 45 novos casos entre 18 e 20 de julho, 28 de deles fatais (4 na Guiné, 11 na Libéria e 13 em Serra Leoa) e que o maior desafio é a falta de pessoal para proporcionar os cuidados necessários para ajudar as pessoas infectadas.

Por outro lado, a Nigéria afirmou nesta sexta-feira que o Ebola causou a morte de um liberiano que se encontrava em quarentena em Lagos, confirmando assim que o vírus chegou ao país mais povoado da África.

“O paciente foi submetido a todos os exames médicos que confirmaram o vírus Ebola como a causa de sua morte”, afirmou o ministro da Saúde da Nigéria, Onyebuchi Chukwu.