Dois astronautas saem da ISS para realizar conserto

Dois astronautas americanos iniciaram uma caminhada espacial para substituir um computador defeituoso fora da Estação Espacial Internacional

Washington – Dois astronautas americanos iniciaram nesta quarta-feira uma caminhada espacial para substituir um computador defeituoso fora da Estação Espacial Internacional (ISS), segundo as imagens divulgadas ao vivo pela agência espacial americana (NASA).

Rick Mastracchio e Steve Swanson saíram da câmara de descompressão da ISS às 13h56 GMT (10h56 de Brasília) e iniciaram uma manobra no espaço que deverá durar duas horas e meia, indicou o comentarista da agência.

O computador Multiplexer-Demultiplexer (MDM), que tem 10 anos, não funciona desde um controle de rotina realizado no dia 11 de abril, quando os engenheiros não conseguiram reiniciá-lo.

Esta falha provocou o temor de que, em caso de avaria do principal computador da Estação, a NASA não pudesse controlar alguns dos principais sistemas da Estação, entre eles os painéis solares através dos quais obtém energia, assim como os circuitos de esfriamento.

Antes da saída espacial, uma nave de abastecimento russa, Progress-53, se desacoplou às 08h58 GMT (05h58 de Brasília) para testar durante dois dias um novo sistema que lhe permita se acoplar automaticamente à Estação.

A Progress deve se afastar 500 quilômetros da Estação e voltará a se acoplar a ela, no módulo Zvezda, na sexta-feira, depois que os responsáveis de voo russo tiverem testado o novo sistema de acoplamento chamado Kurs, detalhou a NASA na terça-feira.

Esta caminhada espacial foi adiada em vários dias para permitir o acoplamento da cápsula não tripulada Dragon da empresa SpaceX, realizada na manhã de domingo.

Lançada na sexta-feira a partir de Cabo Canaveral a bordo do foguete Falcon 9, a Dragon realiza sua terceira viagem para entregar material à ISS para a Nasa e a quarta visita no total à Estação.