Cientistas filipinos criam arroz que resiste à terra salobra

A descoberta pode permitir que fazendeiros recuperem áreas da costa que não podem utilizar devido à água do mar

Manila – Um grupo de cientistas conseguiu criar uma variedade de arroz que tolera o sal, o que poderia permitir que fazendeiros recuperem áreas da costa que não podem utilizar devido à água do mar, anunciou nesta terça-feira um instituto filipino.

Os especialistas do Instituto Internacional de Pesquisa sobre o Arroz (IIIA) estão aperfeiçoando esta variedade de arroz que resiste ao sal antes de começar testes mais amplos, acrescentou esta fonte.

“Eles esperam que a nova variedade esteja disponível para ser cultivada pelos fazendeiros em quatro ou cinco anos”, disse a IIIA em um comunicado.

Esta nova variedade foi obtida cruzando uma espécie exótica de arroz silvestre que se encontra na água salobra com outra cultivada neste instituto.

O resultado é “um novo tipo de arroz que pode expulsar o sal que toma do solo em direção ao ar através das glândulas que tem em suas folhas”, acrescentou o texto.

“Isto permitirá que as fazendas de arroz da costa afetadas pelo sal possam ser utilizadas pelos agricultores”, explicou o chefe do projeto científico, Kshirod Jena.

O arroz é uma das três principais colheitas que alimentam o mundo inteiro, junto ao trigo e ao milho, e os cientistas tentam frequentemente desenvolver novas variedades para aumentar sua produção.