Cientistas do Cern podem ter descoberto uma nova “partícula fantasma”

Campo da física vive momento promissor e que desafia teorias conhecidas

São Paulo – Usando um acelerador de partículas, cientistas europeus detectaram um sinal que poderia ser de uma partícula com duas vezes a massa de um átomo de carbono, não se encaixando em nenhuma teoria da física conhecida até hoje. Apelidada de “partícula fantasma”, o fenômeno físico pode causar uma ligeira agitação na comunidade científica caso sua existência seja confirmada.

De acordo com os cientistas da Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear (Cern), pode levar mais um ano para confirmarem se a partícula é real ou não, mas, de acordo com o site de divulgação científica Science Alert, a novidade não causará muita coisa além de estranheza. No modelo atual da física nuclear, não há nada capaz de prever a massa da nova partícula, que seria formada por múons (partícula semelhante ao elétron, mais com massa 200 vezes maior) e teria cerca de um quarto da massa do Bóson de Higgs, partícula elementar teoricamente surgida logo após o Big Bang e que ajudaria a explicar a origem do Universo.

Quebrando o Modelo Padrão

Ao longo deste ano, várias descobertas desafiaram as explicações dadas pelo Modelo Padrão da Física de Partículas, formando um conjunto de fatores que deverão contribuir para a revisão dos conceitos tradicionais. Em março, o “skyrimon”, partícula com propriedades semelhantes ao raro fenômeno dos raios esféricos (fluxos de correntes elétricas dentro de uma esfera de plasma) foi notícia na comunidade.

Já em julho foi a vez de os astrônomos anunciarem a descoberta de neutrinos vindos de uma galáxia energética a 4 bilhões de anos-luz de distância. Em setembro, novamente os cientistas sugeriram ter “quebrado” o Modelo Padrão ao detectar neutrinos cósmicos de energia ultra-alta.

A equipe do Cern discute nesta semana os resultados das observações.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s