Capacete permite trocar o canal da TV utilizando apenas o poder da mente

Desenvolvido pela BBC, o sistema permite que o usuário ligue o player da emissora e escolha entre cinco programas diferentes

A BBC desenvolveu uma tecnologia que permite aos telespectadores escolherem canais de televisão utilizando seus cérebros ao invés de um controle remoto. O sistema foi desenvolvido em parceria com um laboratório britânico especializado em experiência do usuário, e cruza as ondas cerebrais de uma pessoa com as funções de uma televisão.

Durante um teste da tecnologia, dez funcionários da BBC vestiram um pequeno capacete e usaram uma versão experimental do player da BBC para internet. As dez cobaias foram capazes de iniciar os vídeos e escolher um programa de TV utilizando apenas a mente.

O capacete lê as ondas cerebrais do usuário, registrando a atividade elétrica que acontece no cérebro. A tela mostra uma espécie de “barra de concentração” que permite ao usuário visualizar quão próximos eles estão de completar uma determinada ação.

A primeira tarefa do usuário é se concentrar para entrar no tocador de mídia. Assim que o sistema é ligado, ele oferece a opção de cinco programas, com prévias de 10 segundos de cada um deles. Se os usuários se concentram por tempo suficiente em um programa enquanto ele é mostrado, ele começa a ser reproduzido.

Existem algumas limitações óbvias à tecnologia: usuários não conseguem navegar entre diferentes programas ou procurar aqueles que não estão listados. É difícil dizer se a tecnologia será capaz de substituir os controles remotos, já que ela ainda não é tão rápida ou precisa. Mas a prova de conceito mostra que controlar os eletrodomésticos da casa com o poder da mente não é coisa de ficção-científica.

Fonte: BBC