Boeing e Lockheed farão aliança para propulsor de foguete

Empresas planejam anunciar parceria com a Blue Origin, companhia administrada por Jeff Bezos

Washington – Uma joint venture da Boeing e da Lockheed Martin planeja anunciar na quarta-feira que se aliará à Blue Origin, companhia administrada por Jeff Bezos, fundador da Amazon.com, para desenvolver um novo propulsor de foguete, disse uma fonte familiarizada com os planos.

Representantes da Boeing e da Lockheed Martin não quiseram comentar.

A Blue Origin e a United Launch Alliance (ULA, na sigla em inglês), a joint venture entre Boeing e Lockheed que usa propulsores de fabricação russa em alguns de seus foguetes, também não comentaram de imediato.

A ULA apresentou um pedido por informações solicitando ideias à indústria aeroespacial norte-americana mais cedo neste ano sobre como substituir o RD-180, de fabricação russa, que é usado nos foguetes Atlas 5, da ULA, utilizados para lançar ao espaço muitos satélites militares e espiões dos EUA.

Tensões com a Rússia por suas ações na Ucrânia suscitaram preocupações de que os russos podem interromper entregas de propulsores RD-180, segundo autoridades dos Estados Unidos, que esperam começar a financiar os trabalhos para uma alternativa norte-americana com o orçamento de 2016 do Pentágono.

O acordo de parceria jogará Bezos contra Elon Musk, fundador e presidente-executivo da Space Exploration Technologies, ou SpaceX, que está buscando certificação junto à Força Aérea norte-americana para seus foguetes Falcon 9.