Até a ciência explica por que é uma má ideia comemorar o Natal no trabalho

Ter funcionários pensando em planilhas e memorandos está longe do espírito natalino

São Paulo – Se a sua empresa costuma comemorar o Natal no próprio ambiente de trabalho, cuidado: isso pode não fazer nada bem a você e aos seus colegas. Estar no escritório enquanto celebra um evento que promove paz, harmonia e esperança pode causar um verdadeiro caos na mente da equipe, e a ciência pode explicar o que acontece.

Vivenciar uma rotina de trabalho em determinado ambiente faz o cérebro associar o espaço a tarefas específicas, bem como às emoções e memórias que as acompanham.

Assim, a simples presença de um objeto ou a disposição dos móveis durante a realização de um evento como o Natal – ou festas de aniversário – podem resgatar pensamentos estressantes ou traumáticos, e datas de celebração não são necessariamente o melhor momento para lidar com eles.

A mente humana funciona a partir de caminhos comportamentais específicos, como relata o site Inc.

O “modo profissional” exige um esforço grande do cérebro para compreender todas as ações e posturas compatíveis, e ter que alterar bruscamente o comportamento para um modo mais relaxado pode ter efeito contrário, estimulando a ansiedade e o estresse nos funcionários.

A solução para prevenir os conflitos emocionais é simples e óbvia: organizar a festa de Natal fora do escritório, de preferência em um lugar aconchegante e animador.

Caso realmente não seja possível sair por qualquer motivo, o melhor é buscar alterar ao máximo a decoração e o clima para que não remeta ao que o cérebro dos membros da equipe presencia diariamente.