Astronautas voltam da Estação Espacial Internacional após 5 meses

A partida do trio reduziu para somente três pessoas a tripulação da estação, um laboratório de US$ 100 bilhões que paira cerca de 400 km acima da Terra

Uma cápsula que transportou um astronauta norte-americano, um russo e um italiano da Estação Espacial Internacional pousou no Cazaquistão nesta quinta-feira após uma missão de cinco meses, mostrou a televisão da agência espacial dos Estados Unidos, Nasa, ao vivo.

A espaçonave trouxe de volta Randy Bresnik, da Nasa, Sergey Ryazanskiy, da agência espacial russa Roscosmos, e Paolo Nespoli, da Agência Espacial Europeia.

A cápsula pousou na região de Karaganda, na estepe varrida por ventos e coberta de neve localizada no centro do Cazaquistão, às 14h37 locais.

O sorridente Ryazanskiy foi o primeiro a emergir da escotilha da cápsula com a assistência de agentes de resgate.

A partida do trio reduziu para somente três pessoas a tripulação da estação espacial, um laboratório de 100 bilhões de dólares que paira cerca de 400 quilômetros acima da Terra.

No dia 17 de dezembro, o astronauta Scott Tingle, da Nasa, o russo Anton Shkaplerov, da Roscosmos, e Norishege Kanai, da Agência de Exploração Espacial do Japão, partirão do cosmódromo de Baikonur, também no Cazaquistão, para se juntarem aos atuais tripulantes da estação espacial.