Artista alemão leiloa traje espacial para cães de 1950

O traje foi usado no treinamento dos cães Belka e Strelka, durante a década de 1960, na missão Sputnik 5

Que tal vestir o seu cão com um traje espacial? O artista alemão Andreas Hoge vai leiloar  uma coleção de objetos da exploração espacial soviética, o que inclui uma roupa de cachorro.

Andreas Hoge, também conhecido como Andora, vai leiloar mais de 100 artefatos do programa espacial. Muitos itens do leilão incluem autógrafos de cosmonautas, selos e medalhas comemorativas. Mas o grande destaque é o traje espacial para cães.

A relíquia parece com o traje usado pela cadela Laika em 1957, quando a cachorra virou a primeira cadela a ir ao espaço. Os cachorros passaram por vários testes a bordo de naves espaciais antes de o primeiro homem ir ao espaço. Nos anos cinquenta, os cientistas russos desenvolveram este tipo de traje para testar os efeitos da microgravidade e da alta velocidade dos voos espaciais em animais.

Nesses testes, cães e, às vezes, camundongos foram enviados ao espaço. Enquanto cientistas russos preferiram cães, os americanos usaram chimpanzés, devido a semelhança da espécie com os seres humanos.

Segundo o leilão, o traje foi usado no treinamento dos cães Belka e Strelka, durante a década de 1960, na missão Sputnik 5. As duas passaram um dia a bordo da nave espacial e voltaram vivas ao planeta.

O traje tem um tubo de suprimento de oxigênio feito com algodão, nylon, alumínio e borracha. A roupa pode ser ajustada de acordo com o tamanho do cachorro e tem um anel para encaixar o capacete.

O evento irá acontecer em Berlim, na Alemanha, em 13 de setembro. O traje espacial deve ser vendido por pelo menos 10 mil dólares.