Norte-americanos e alemão ganham Prêmio Nobel de Química

Eles desenvolveram a microscopia de super-resolução para fluorescência

Estocolmo – Os cientistas norte-americanos Eric Betzig e William Moerner e o alemão Stefan Hell ganharam o prêmio Nobel de Química 2014 pelo desenvolvimento da microscopia de super-resolução para fluorescência, informou nesta quarta-feira a entidade responsável pelas premiações.

“O seu trabalho inovador levou a microscopia óptica para a nanodimensão”, diz o comunicado da Real Academia Sueca de Ciências ao informar sobre a concessão do prêmio de 8 milhões de coroa (1,1 milhão de dólares).

O Nobel de Química foi o terceiro deste ano, depois dos de Medicina e Física. O prêmio leva o nome do inventor da dinamite Alfred Nobel e é concedido desde 1901 para realizações na ciência, literatura e busca da paz, de acordo com o estipulado por ele em seu testamento.