Você conhece este verbo que é pouco usado na língua portuguesa?

Professor Diogo Arrais fala sobre o verbo "campear" e seus vários significados na sua coluna de hoje

O olhar curioso pela palavra, por sua gramática, leva o sujeito a estradas mais criativas. Há alguns dias, defrontei-me com a seguinte sentença:

“Fazia questão de campear sempre novas rimas e novos capítulos (…)”

Campear está devidamente registrado nos dicionários de nossa Língua. Em sua transitividade direta, sem a exigência da preposição, remete a “procurar pelo campo, pelo mato”:

“O peão campeava bezerros fujões.”

Pode também significar “buscar, procurar”, como no exemplo acima citado de quem “campeia” curioso “novas rimas e novos capítulos”.
O homenageado verbo, na transitividade indireta, pode significar “estar em lugar elevado”:

“A mansão campeia sobre as casas vizinhas.”

Em registro no Aurélio, “campear por” tem o sentido de prevalecer:

“Finda a guerra, a miséria campeava por todo o país.”

Curiosíssima construção é a “campear de” ao lado de um predicativo, com o sentido de “gabar-se”.:

“Sousa campeia de econômico e paciente.”Pesquisar verbos e suas regências é um grande auxílio ao aumento de vocabulário, aumento de criatividade e de domínio da norma. Com novas palavras, é possível – por exemplo – evitar repetições, gerando boa imagem redacional.

Gênio na arte vocabular (e tantas outras!), Guimarães Rosa escreveu na obra Grande Sertão: Veredas, para demonstrar o “percorrer o campo”:

“…laçava e campeava feito um todo vaqueiro…”

Um grande abraço, até a próxima e inscreva-se no meu canal!

DIOGO ARRAIS
http://www.ARRAISCURSOS.com.br
YouTube: MesmaLíngua
Autor Gramatical pela Editora Saraiva
Professor de Língua Portuguesa
Fundador do ARRAIS CURSOS