Universidade abre inscrição para bolsas de estudo na França

Bolsa Victor Hugo para mestrado e doutorado na França recebe inscrições até dia 31 de janeiro

A Universidade de Franche-Comté, localizada na região leste da França (próxima à Suíça), está com inscrições abertas para a bolsa Victor Hugo. O dossiê de candidatura deve ser enviado por e-mail até o dia 31 de janeiro.

O benefício, oferecido para estudantes aceitos para mestrados e doutorados na instituição, cobre gastos que envolvem os estudos – como acomodação e alimentação – durante 12 meses. Também está disponível uma preparação linguística de dois meses, nos meses de julho e agosto, para aqueles que não atingirem o nível de proficiência exigido, no Centro de Linguística Aplicada da instituição.

Como funciona a candidatura para a bolsa Victor Hugo

A bolsa Victor Hugo está disponível apenas para o primeiro ano de estudos na instituição. Para os anos seguintes, o estudante precisará encontrar outras formas de financiar seus estudos.

Podem se candidatar estudantes da América Latina, que tenham menos de 35 anos de idade, e que apresentem excelente histórico acadêmico. No caso de doutorado, não há limite de idade; porém, neste caso, os candidatos à bolsa Victor Hugo também precisarão enviar informações sobre sua trajetória acadêmica e um projeto de pesquisa sólido.

As inscrições para a bolsa Victor Hugo são feitas através do preenchimento de formulário disponível no site da universidade, bem como envio de documentos como carta de motivação e currículo em francês. Todos os documentos exigidos devem ser formatados em um único arquivo no formato pdf, a ser enviado por e-mail para o endereço bvh@univ-fcomte.fr.

Sobre a instituição

A Universidade de Franche-Comté é uma das mais antigas instituições de ensino superior da França, criada em 1423. Atualmente, oferece formações que vão de cursos técnicos a doutorados, atendendo a mais de 20 mil alunos.

Confira mais informações e inicie seu dossiê de inscrição no site oficial.

  • Ester artigo foi originalmente publicado pelo Estudar Fora, portal da Fundação Estudar