Teoria na prática

A partir deste mês, os usuários da Telefônica e da ATL, operadoras de telefone celular do Rio de Janeiro, contarão com um serviço extra em seus celulares. É um sistema de aviso para os usuários cadastrados não esquecerem de tomar remédios. Não se trata de coisa de algum hipocondríaco digital, mas sim de uma solução de negócio nascida do Websociety Business. Trata-se de um curso que reúne profissionais com experiência em internet interessados em aprender mais e desenvolver projetos de e-commerce. O autor da idéia é o mestre em telecomunicações Coaracy Nunes Neto, que trabalhou por dez anos em Nova York em projetos de internet. “Muitas vezes, essas pessoas não têm espaço para desenvolver novos projetos nas empresas em que trabalham” , diz Nunes. A primeira turma do Websociety Business mirou em dois alvos para montar um negócio: um grande número de pessoas dependentes de remédios e o enorme mercado de celulares no Brasil (eram 13 milhões em 2000 e devem ser 30 milhões neste ano, segundo o Yankee Group). No curso, de 64 horas presenciais e 32 virtuais, os alunos aprenderam sobre tendências em e-business, elaboraram um plano de negócios e o apresentaram a investidores. Deu certo. Alguns alunos se tornaram sócios participantes do projeto e outros vão receber ações da empresa criada. Teoria na prática e dinheiro no bolso.