Startup vai pagar até R$ 2 mil por indicações de profissionais em TI

Com a falta de profissionais de TI para preencher todas as vagas no mercado, a Vulpi buscou uma solução criativa em que todas as partes saem ganhando

São Paulo – O mercado de Tecnologia da Informação tem um problema atípico: a escassez de mão de obra especializada para preencher as vagas. A projeção é de que exista um déficit de até 408 mil profissionais até 2020, segundo dados da Associação para a Promoção da Excelência do Software Brasileiro (Softex).

Assim, não está fácil contratar em TI, mas a startup Vulpi, especializada em recrutamento na área, tem um plano para remediar o problema: a recompensa de até R$ 2 mil por indicações de sucesso.

É muito simples. Basta indicar um profissional para uma vaga anunciada no site por meio de um formulário online. Com a efetivação do indicado, ele e quem o indicou podem levar até R$ 2 mil cada um. A quantia depois pode ser recebida por meio de saque em dinheiro ou de cartão pré-pago.

Como o segmento pede habilidades específicas, Fellipe Couto, CEO e cofundador da Vulpi, acredita que a iniciativa pode beneficiar as empresas. “As pessoas só indicam quem elas acreditam que sejam compatíveis com a função”, ele explica. Para ele, uma boa indicação aliada a um rigoroso processo seletivo garante que a pessoa certa seja contratada.

É possível anunciar e visualizar vagas de forma gratuita na plataforma. As empresas têm acesso aos dados dos profissionais e pagam uma taxa para a startup no ato da contratação referente a um salário do novo funcionário.