Romário receberá R$ 660 mil do Valencia

Tribunal espanhol confirmou que ex-equipe do atacante terá que pagar valor referente ao imposto de renda de 1996

Valência – O Valencia teve um recurso negado pelo Tribunal Supremo espanhol e terá que pagar 282.117,28 euros (cerca de R$ 660 mil) a Romário, montante referente ao imposto de renda do ex-jogador no ano de 1996.

A sentença, à qual a Agência EFE teve acesso, considera como rendimentos do trabalho pessoal os valores pagos pelo Valencia à sociedade holandesa International Football Management BV pela cessão dos direitos de imagem do atacante brasileiro.

Em seu recurso de cassação, o clube espanhol rejeitava a qualificação de renda referente ao trabalho atribuída aos citados valores pagos à sociedade holandesa.

O Supremo espanhol, no entanto, ressalta que “a exploração comercial da imagem dos jogadores se vincula ao seio da relação laboral assumida entre o clube e o jogador, por vincular-se à prática profissional”.