Receita de sucesso

Há cinco anos, o mineiro Adelmar Mendonça abriu mão de uma carreira longa e estável numa das maiores empregadoras do país pelo sonho de se transformar num empreendedor de sucesso. Depois de trabalhar18 anos no Banco do Brasil, em Juiz de Fora, onde chegou a alcançar o cargo de gerente da área jurídica, ele resolveu aderir a um dos planos de demissão voluntária da empresa. Foi então que teve a idéia de abrir uma pequena fábrica de elásticos para abastecer a indústria de confecção da região. Mas o negócio durou apenas um ano. “Gastei quase todo o dinheiro que recebi do banco para aprender, na raça, a virar empresário”, diz Mendonça. Com a experiência que adquiriu, não hesitou em arriscar de novo. Com a ajuda de um sócio, ele criou a Duduxo, uma microempresa fabricante de pão de queijo que começou empregando cinco pessoas. No início, o produto era feito de maneira artesanal e vendido em padarias, lanchonetes e cantinas de escolas no Rio de Janeiro — que fica a apenas 180 quilômetros de Juiz de Fora. Um ano mais tarde, Mendonça conseguiu fechar contrato com o Pão de Açúcar. Hoje, a Duduxo produz 70 toneladas de pão de queijo por mês e tem entre suas clientes outras grandes redes de varejo, como Carrefour, Macro e Sendas. De 2000 para cá, a empresa vem aumentando o faturamento num ritmo de 135% ao ano. O número de funcionários, por sua vez, é proporcional ao crescimento do negócio: já são 30.