Quem é o profissional de vendas mais valorizado do Brasil

Confira as áreas de vendas e de marketing em alta e em baixa e seus salários, segundo a consultoria Robert Half

A área de vendas nunca sai dos holofotes. Na bonança, é pressionada para atingir metas agressivas. Na crise, é hora de buscar receitas alternativas. “Há demanda em todos os níveis, desde o vendedor porta a porta até o diretor comercial”, diz Carolina Cabral, gerente de recrutamento da Robert Half. O perfil de hunting, ou “caça” de novos negócios, está em alta. Mas também é preciso ter conhecimento técnico e se atualizar, porque a área muda muito.

Outra competência é saber se integrar à área de marketing — e vice-versa. Com a mudança de perfil do consumidor (mais crítico e digital), o pessoal de marketing tem a missão de ajudar a área comercial. “Conhecimentos em redes sociais e em ferramentas de SEO [Search Engine Optimization] são valorizados”, diz Carolina. Posições em marketing digital, inteligência de mercado e marketing de produto também crescem, especialmente nos setores de bens de consumo e tecnologia.

 (Reprodução/VOCÊ S/A)