Plataforma promete encurtar tempo até acordo trabalhista

Concilia Brasil permite que negociações sejam feitas por meio eletrônico e acordo trabalhista pode sair em até um mês

São Paulo – Conseguir um acordo trabalhista rapidamente parece até utópico tendo em vista a assoberbada Justiça brasileira. Em 2015, foram 2,6 milhões de novas ações trabalhistas, número recorde, segundo informações do TST (Tribunal Superior do Trabalho). Some-se isto ao fato de que até 2014 eram 4 milhões de ações em andamento e a solução de um processo pode chegar só depois de uns 500 dias, em média.

Por conta disso, novas maneiras de agilizar processos começam a tomar forma dentro da estrutura judicial. Em Campinas (SP), por exemplo, o Whatsapp tem sido um aliado na hora das negociações no Fórum Trabalhista da 15ª Região desde o ano passado.

Mas, ainda são poucas as iniciativas neste sentido. Visitar a estrutura física do Judiciário dá uma ideia do quanto o caminho até a conciliação pode ser longo e demorado. Foi a partir de uma visita ao prédio central da Justiça do Trabalho em São Paulo que o empresário Ivan Oréfice, em contato com o cenário caótico de andares e mais andares abarrotados de salas, papéis e pessoas, teve a ideia de lançar uma plataforma que tivesse a agilidade da negociação e da comunicação instantâneas, como tem o Whatsapp, mas em um ambiente eletrônico que atendesse a um padrão de segurança.

Surgia a Concilia Brasil, que permite o uso de celular, tablet ou PC, para realização de  negociações para acordos nos processos trabalhistas, entre advogados, trabalhadores e empregadores. “O tempo que demora um processo trabalhista é consequência direta do fato de que as pessoas precisam se deslocar até o tribunal para fazer as negociações. Com a nova ferramenta, a negociação pode ser feita totalmente por meio eletrônico e com todas as proteções necessárias do padrão de segurança”, diz Oréfice, diretor da empresa.

Ele lembra que entrar em acordo é muitas vezes a única maneira de encerrar um processo. “Principalmente em primeira instância, pois nesta fase é que a Justiça está inchada”, diz. A Concilia Brasil é a primeira ferramenta deste tipo lançada no Brasil, e para os trabalhadores não há custo para participação já que o serviço será cobrado apenas pelas empresas.

A vantagem para o profissional que move ação, segundo Oréfice, é a possibilidade de contato imediato com a parte contrária o que pode significar o recebimento de verbas indenizatórias em menos tempo. “Com a plataforma é possível conseguir acordo em até um mês”, diz Oréfice.

Para atrair empresas, Oréfice afirma que a plataforma garante maior controle, pois gera relatórios de desempenho para cada processo, tendo a previsibilidade de gastos.