Plano de negócio, precisa? Sim, mas não camisa de força

Sim, mas tenha em mente que ele não deve ser uma camisa de força

São Paulo – Para quem quer buscar financiamento para sua ideia, ter um plano de negócio bem detalhado é muito importante. “Não conheço nenhum investidor que entraria em um novo projeto sem antes ler o plano de negócio.Seria como pagar caro por uma viagem de turismo sem conversar com o vendedor de uma agência de viagens”, diz Luiz Mesquita, do Insper, faculdade de economia e administração de São Paulo.

“O turista vai querer saber tudo sobre a segurança do navio do cruzeiro, se esse for o pacote escolhido, os pontos de parada, as refeições. Tudo deve estar explícito.” A partir do início do funcionamento da empresa, o plano precisa ser constantemente revisto, para se adequar à realidade encontrada.

“O empreendedor não deve ter um plano engessado e ser, por exemplo, obrigado a contratar o número de pessoas que imaginava necessário”, diz Marcelo Salim, responsável pelo Centro de Empreendedorismo do Ibmec, escola de negócios no Rio de Janeiro. 

Na hora de escrever seu plano de negócio…

… não apele para sentimentalismos. Seja objetivo para ser levado a sério.

… faça com calma. Será preciso elaborar e procurar informações com cuidado para ter um plano consistente. 

… não assassine o português. Erros gramaticais e ortográficos podem passar uma imagem negativa aos investidores.