O preço do sucesso

Pesquisa mostra como está a saúde das mulheres de negócio brasileiras

Pesquisa da carioca MED-Rio Check Up constatou que o índice de doenças ligadas ao estresse cresceu mais em mulheres do que em homens. O levantamento, feito com 4 200 executivas com idade entre 30 e 60 anos, de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Brasília, mostra que se as campanhas de prevenção de fatores de risco começaram a surtir efeito entre os homens, elas parecem não ter atingido as mulheres.

Desde sua fundação, em 1990, a Med-Rio avaliou 35 mil pessoas nas maiores empresas do Brasil. As informações da pesquisa, realizada neste ano, foram cruzadas com as do banco de dados que a clínica mantém, composto por 25 mil check ups feitos com executivos com idade entre 30 e 75 anos, e comparados ao mesmo levantamento feito em 1990. Os resultados são assustadores.

Veja os dados da pesquisa:

O preço do sucesso
Elas estão fumando mais
Ano Mulheres Homens
1990
30%
35%
2007
40%
18%
Bebendo mais
Ano
Mulheres
Homens
1990
25%
50%
2007
47%
55%
e se auto-medicando mais
Ano
Mulheres
Homens
1990
12%
20%
2007
20%
16%
*com ansiolíticos, hipnóticos, analgésicos e vitaminas
Têm mais doenças pulmonares
Ano
Mulheres
Homens
1990
18%
20%
2007
20%
15%
Mais doenças do coração*
Ano
Mulheres
Homens
1990
6%
6%
2007
12%
8%
* indícios de insuficiência coronariana
Insônia
Ano
Mulheres
Homens
1990
16%
16%
2007
26%
23%
… e infecções urinárias que os homens
Ano
Mulheres
Homens
1990
12%
8%
2007
15%
7%
* infeccões urinárias de repetição
E logo também vão sofrer mais de estresse…
Ano
Mulheres
Homens
1990
40%
70%
2007
60%
70%
…Hipertensão
Ano
Mulheres
Homens
1990
11%
19%
2007
16%
23%
E isso apesar de tanto as mulheres como os homens estarem conseguindo combater…
Peso acima do ideal:
Ano
Mulheres
Homens
1990
60%
60%
2007
51%
52%
Obesidade
Ano
Mulheres
Homens
1990
12%
12%
2007
8%
9%
Alimentação desequilibrada
Ano
Mulheres
Homens
1990
80%
80%
2007
56%
58%
e o sedentarismo
Ano
Mulheres
Homens
1990
70%
65%
2007
43%
47%
Fonte: Med-Rio Check-up