Novo escritório do Twitter em São Paulo tem árvore gigante, comida grátis e passarinhos de mentira

Novo escritório abrigará cerca de 50 funcionários em São Paulo e oferece sete ambientes para descompressão

Quebrar barreiras de comunicação é um dos maiores objetivos do Twitter, a rede social de 140 caracteres lançada em 2006 que conecta mais de 284 milhões de usuários ativos pelo mundo. E foi seguindo esse lema que a empresa desenhou sua nova sede em São Paulo, inaugurada nesta quarta-feira (26).

Ao observar os altos e elegantes prédios comerciais na Vila Olímpia e o grande número de engravatados que frequentam a região é difícil imaginar que por trás de tanto concreto possa haver um espaço que fuja do modelo tradicional de ambiente corporativo.

O Twitter conseguiu fazer isso com elementos bastante inusitados, como uma árvore gigante artificial que ocupa dois andares do escritório, grafites de pássaros e painéis neon com hashtags inspiradoras – #tamojunto e #vamoquevamo, moldadas em lâmpadas brilhantes.

Não há paredes entre equipes e líderes. Em volta da árvore, que trespassa o oitavo e o nono andar, há uma variedade de opções de mesas, bancadas e pufes, onde funcionários podem acomodar notebooks, celulares e soltar a criatividade para trabalhar.

Até o final deste ano, cerca de 50 funcionários devem preencher o escritório. Segundo a gerente de RH da companhia, Mariabrisa Olivares, a ideia é que eles possam trabalhar nos espaços onde se sentirem mais inspirados, seja dentro de uma sala ou em uma das mesas perto das cozinhas – há uma em cada andar, com comida grátis disponível 24 horas por dia.

“Nós criamos um espaço democrático, com uma estrutura feita para facilitar a comunicação e o relacionamento entre as pessoas”, diz Mariabrisa. Inclusive, o modelo de cadeira utilizado no escritório foi escolhido por meio de votação, pelos próprios funcionários. E não falta lugar para quem quiser se acomodar: há muitos sofás e pufes espalhados por toda a empresa.

Em cada país em que o Twitter possui escritório, a decoração se inspira em traços culturais locais. São 3 600 funcionários distribuídos em vários escritórios pelo mundo. E cada um desses lugares traz uma identidade diferente em seus espaços de trabalho.

Na nova sede paulistana, por exemplo, as salas foram batizadas com o nome de várias espécies de aves do Brasil, como João de Barro, Curió e Pintassilgo, escolhidos pelos próprios funcionários. Esses pássaros também aparecem nos grafites que decoram as paredes dos ambientes.

E não é apenas no aspecto físico que o Twitter busca facilitar a comunicação entre profissionais e seus líderes. Toda sexta-feira, os funcionários têm uma “hora de chá”, reservada para conversar e refletir sobre projetos e novas ideias para a companhia. A iniciativa já é uma tradição no Vale do Silício, onde o CEO Dick Costolo se reúne a cada duas semanas para conversar com as equipes e sanar dúvidas.

A qualidade de vida é outra proposta fortemente reforçada pela companhia. Na nova sede, há sete áreas de descompressão para os funcionários, que vão desde uma sala de jogos até espaços para dormir, ler ou fazer ioga.

“A filosofia por trás de nossos benefícios busca promover o bem-estar. Então, além de planos de saúde de alto padrão para todos os funcionários, oferecemos um beneficio financeiro para que eles possam frequentar uma academia e até uma sala de amamentação com toda a estrutura necessária para atender às funcionárias que também são mães”, diz Mariabrisa.

Quer trabalhar no Twitter?

A empresa está procurando profissionais inovadores e criativos para trabalhar em sua nova sede. Todas as vagas disponíveis são divulgadas neste site.

Um dos principais requisitos para fazer parte da equipe é ter um perfil engajado, que se encaixe nos valores e na missão da empresa. “Entenda nossos valores, comunique-se bem, seja honesto e demonstre suas paixões”, aconselha Mariabrisa.

Veja mais fotos do novo escritório a seguir:

Clique para abrir o link no navegador