Nike dá prêmio de US$ 30 milhões ao CEO por ficar cinco anos

A Nike deu a Mark Parker um prêmio em ações de US$ 30 milhões sob a condição de que ele continue na empresa nos próximos 5 anos

A Nike Inc. deu ao CEO Mark Parker um prêmio em ações avaliado em quase 10 vezes a concessão anual de ações que ele costuma receber sob a condição de que ele continue na empresa de bens esportivos nos próximos cinco anos.

A Nike concedeu a Parker, 59, ações restritas com um valor alvo de US$ 30 milhões, que ele receberá caso permaneça empregado durante o período de carência do prêmio, de acordo com o relatório do dia 20 de julho dirigido aos acionistas da empresa com sede em Beaverton, Oregon.

Anteriormente, ele tinha recebido prêmios em ações no valor de US$ 3,5 milhões nos três últimos anos fiscais, conforme o documento.

Parker, que é CEO da Nike desde 2006, conta com o apoio de Phil Knight, um dos fundadores da empresa, para sucedê-lo como presidente do conselho no próximo ano, quando Knight se aposentar.

Parker terá que ampliar o legado de Knight, que criou a maior fabricante de bens esportivos do mundo, pois concorrentes como a Adidas AG estão intensificando o desenvolvimento de produtos.

O comitê de compensações da Nike, liderado por Tim Cook, CEO da Apple Inc., analisou o “sólido desempenho do Sr. Parker” e “a importância de retê-lo” para definir o tamanho do prêmio, de acordo com o documento.

As ações da Nike subiram 46 por cento nos últimos 12 meses.

“Ao conceder esse prêmio em ações, Phil Knight e o conselho de diretores da Nike reconhecem a liderança excepcional de Mark Parker e seu papel fundamental na condução da estratégia de crescimento da Nike Inc. durante muitos anos”, disse Greg Rossiter, porta-voz da empresa, em um comunicado enviado por e-mail.

Parker entrou na Nike como designer de sapatos em 1979 e já ocupou cargos de marketing e design. A empresa concedeu-lhe um bônus de US$ 10.000 no ano fiscal de 2015 para celebrar seu 35º ano na companhia, mostra o documento.

Valor bruto

A empresa vai arcar com a conta impositiva do prêmio e oferecerá a Parker o valor bruto de US$ 10.387, pois soma-se o que será descontado pelo imposto.

A Nike concede prêmios de US$ 10.000 em dinheiro, mais o valor dos impostos correspondentes, em reconhecimento pelo 30º aniversário de um funcionário na empresa, e a cada cinco anos a partir daí.

Sessenta por cento do prêmio de US$ 30 milhões em ações concedido a Parker estarão vinculados ao crescimento da receita e dos lucros por ação entre os anos fiscais de 2016 a 2020, de acordo com o documento.

Ele receberá o restante do prêmio se continuar empregado na empresa até o dia 30 de junho de 2020, mostra o documento.

A Nike deu a Parker um prêmio de US$ 20 milhões em ações em maio de 2012, cuja carência terminaria no quinto aniversário da data da concessão, de acordo com um documento da época.