INFNET

Andre Kischinevsky, 29 anos, analista de sistemas

As coisas não acontecem no Brasil porque as pessoas não vão atrás dos seus sonhos. Eu vou.” A frase do carioca Andre Kischinevsky, fundador do Instituto de Formação Internet (Infnet), resume bem o seu estilo. Aos 29 anos, graças a seu espírito empreendedor, ele já tem um currículo invejável. Além de comandar o Infnet ao lado dos sócios André Antunes e Eduardo Ramos, é professor de MBA da Fundação Getulio Vargas do Rio de Janeiro. Detalhe: sem ter diploma de MBA. Kischinevsky começou sua carreira ainda garoto, como vendedor da Amway, e teve, aos 21 anos, uma pequena empresa de importação de patins e de fornos de microondas. Chegou a distribuir pessoalmente panfletos nas praias cariocas e na entrada do Maracanã em dias de jogos para divulgar sua empresa. Em 1994, quando a internet ainda estava em gestação, ele começou a avaliar a possibilidade de criar um negócio ligado a educação e treinamento em TI. Como não tinha dinheiro, transformou o quarto do amigo André Antunes num escritório improvisado. No começo, ofereciam cursos e treinamentos sobre Java e HTML, quando praticamente ninguém conhecia o assunto no Brasil.

Aos poucos, seu apurado conhecimento técnico e o talento natural para enfrentar platéias começaram a trazer resultados e convites para novas apresentações. “Mais tarde, alugamos uma pequena sala e começamos a crescer lentamente.” Hoje, o Infnet ocupa quatro andares de um edifício da avenida Rio Branco, no Rio de Janeiro. É considerado um dos três líderes brasileiros em educação e treinamento em TI. “Conquistamos esse espaço por causa de nosso pioneirismo e porque sempre nos antecipamos às necessidades do mercado.”