Fundação Estudar oferece bolsas para as melhores universidades do mundo

O Programa Líderes Estudar existe há 27 anos e é voltado para jovens que buscam excelência acadêmica. As inscrições estão abertas!

O Programa Líderes Estudar, antes conhecido como programa de bolsas da Fundação Estudar, existe há 27 anos, sendo o projeto mais antigo da organização, como forma de propiciar que brasileiros estudem nas melhores universidades do mundo – seja no Brasil ou no exterior – e desenvolvam ao máximo o seu potencial.

Voltado para jovens que buscam excelência acadêmica, alcançar seus sonhos e alavancar suas carreiras, está com as inscrições para a edição de 2019 abertas até o dia 1 de abril – a serem realizadas pelo site.

Podem se inscrever brasileiros que tenham de 16 a 34 anos e que estejam em processo de aceitação, matriculados ou cursando ensino superior. Não há restrição de cursos, universidades ou localidades.

São quatro categorias de bolsas: graduação completa no Brasil; graduação completa no exterior; intercâmbio acadêmico de graduação ou duplo diploma no exterior; e pós-graduação no exterior (incluindo mestrado e doutorado sanduíche). Para todas estas modalidades, a conclusão do curso deve ser posterior a dezembro de 2019.

Benefícios do Programa Líderes Estudar

O valor da bolsa é definido ao término do processo seletivo, de acordo com o perfil acadêmico do candidato, a duração e o local do curso, bem como sua condição familiar, profissional e socioeconômica.

Além do apoio financeiro, outra das vantagens para os selecionados é fazer parte da comunidade de Líderes Estudar, a rede de talentos da organização que tem como missão contribuir para grandes transformações no Brasil em diferentes setores.

A partir dela, os jovens selecionados têm acesso a mentoria e oportunidades de networking com grandes líderes. Também participam de diversos programas de desenvolvimento pessoal e profissional oferecidos pela Fundação Estudar.

Processo Seletivo do Programa Líderes Estudar

São, ao todo, sete etapas de seleção – consecutivas e eliminatórias. Apenas as duas últimas etapas serão obrigatoriamente presenciais.

  1. inscrição;
  2. testes de perfil e raciocínio lógico;
  3. envio de vídeo e questionário;
  4. entrevista de competências;
  5. entrevista para aprofundamento de trajetória;
  6. painel com ex-bolsistas e
  7. entrevista final.

Entre os critérios de avaliação estão alto potencial acadêmico e profissional e competências de liderança.

“Há 26 anos, selecionamos os jovens mais brilhantes do país para integrar a nossa rede. Cada um deles recebe todo o suporte necessário para alavancar sua carreira e, acima de tudo, transformar o país e deixar um legado para as futuras gerações”, conta Leonardo Gomes, que coordena o processo de seleção dos bolsistas.

“Nossos bolsistas passam a fazer parte de uma rede formada por gente boa, que é referência nos mais diversos setores de atuação”, completa.

Não perca a chance de chegar mais longe e fazer parte dessa rede de líderes que está transformando o Brasil, inscreva-se até 1º de abril!

Este artigo foi originalmente publicado pelo Na Prática, portal da Fundação Estudar.