Faculdade oferece bolsas de estudo para engenharia com estágio garantido

O programa recebe inscrições até dia 9 de dezembro e oferece estágio na Tivit, Easynvest, Stefanini, Sonda Tecnologia e Capgemini

São Paulo – Na dúvida entre fazer um curso de graduação e entrar rapidamente no mercado de trabalho? A Faculdade Impacta de Tecnologia traz a solução para a questão com seu novo programa Impactando Vidas.

Focado em jovens recém-formados no ensino médio e que nunca tiveram trabalho formal, o programa oferece 60 bolsas de estudo para o curso de Engenharia da Computação com estágio garantido a partir do segundo semestre.

Segundo Bruno Lima, coordenador do curso na Impacta, a ideia surgiu da demanda de recrutadores que procuravam os alunos da instituição por suas competência técnicas e encontravam lacunas nas habilidades comportamentais dos candidatos.

“Pensamos em fazer um processo de formação em duas mãos, da escola com as empresas. Seremos parceiros responsáveis pela formação de alunos e acompanhamento deles como estagiários”, explica ele.

Assim, os alunos selecionados terão bolsa integral no primeiro semestre do curso. Nesse período, eles terão todas as aulas normais do currículo acadêmico de engenharia da computação aprovado pelo MEC juntamente com aulas extras que abordarão habilidades importantes da vida profissional, como comunicação, trabalho em equipe e inglês.

“No mundo todo temos a demanda por profissionais de tecnologia com formação de exatas, mas a procura pelos cursos da área é baixa. As empresas precisam dos nossos alunos e esperamos agregar maior valor profissional a eles”, fala o coordenador.

A bolsa e o estágio são incentivos para a entrada na área de tecnologia da informação. Todos os bolsistas terão um estágio garantido no segundo semestre nas empresas parceiras do projeto, que são a Tivit, Easynvest, Stefanini, Sonda Tecnologia e Capgemini.

Após começar o estágio, eles receberão bolsas de até 2.200 reais e passarão a pagar mensalidade reduzida, ainda com 35% de desconto. Segundo site do programa, o valor mensal do curso ficará em torno de 854,10 reais, com possibilidade de reajuste anual.

Os alunos deverão respeitar o período máximo de contrato de dois anos para manter a bolsa de estudo, além de ter frequência alta nas aulas e a média acima de 8 pontos nas matérias.

Para concorrer às bolsas e estágio, os interessados devem se inscrever pelo site do programa até dia 9 de dezembro. Eles poderão fazer a prova de vestibular da faculdade ou a nota do Enem.

Os convocado passarão para a segunda fase, que será um Hack Day onde os candidatos vão desenvolver projetos sobre negócios de tecnologia e serão avaliados por recrutadores das empresas parceiras.

“O mercado de TI é muito dinâmico e não consegue formar o número de pessoas que necessitam. Estamos fazendo um projeto que pode ajudar nisso e mudar o modelo do negócio de educação no Brasil”, comenta o coordenador.