Estes 2 testes descartam (de uma vez só) milhares de candidatos a emprego

No segundo episódio da websérie de EXAME, em parceria com Na Prática, o tema são testes online de inglês e provas de lógica

São Paulo – Na semana passada, EXAME e Na Prática, portal da Fundação Estudar, começaram a publicar a série de vídeos sobre processos seletivos para vagas de estágio, trainee e emprego.

No primeiro vídeo da série, Felippe Caso, do Na Prática, explicou como currículo tem a possibilidade de destacar um profissional em meio a milhares de perfis semelhantes ou pode fazer com que essa mesma pessoa seja descartada do processo ainda na etapa de triagem.

No segundo vídeo a websérie as dicas são para quem vai fazer testes online de inglês e/ou de lógica. “ O objetivo destes testes é o de eliminar vários candidatos de uma só vez e também de analisar o que é fundamental para a empresa e para aquela vaga que está sendo preenchida”, diz Felippe Caso, do Na Prática.

Em testes de inglês, os candidatos devem ficar atentos às “pegadinhas”. Não é prudente responder rapidamente assinalando a primeira opção que parece ser a correta. Uma leitura mais cuidadosa é recomendada porque muitas vezes o que está sendo analisada é capacidade de interpretação de texto.

Uma dica de estudo para reforçar o domínio da gramática? Phrasal verbs, diz Caso, é um tema frequente. Na coluna Dicas de Inglês publicada semanalmente  em EXAME é possível encontrar material de estudo:

5 phrasal verbs que você precisa dominar

9 phrasal verbs indispensável para quem fala inglês

Você conhece estes 5 phrasal verbs com “get”?

Já nos testes de lógica é medida a capacidade do candidato de resolver problemas. Segundo, Caso, é mito pensar que só pessoas que têm afinidade em Exatas vão bem neste teste. “ O Objetivo do teste é mostrar a forma como você raciocina e que você consegue estruturar esse pensamento”, diz Caso.

Felippe Caso diz que, também nas questões de lógica, a interpretação de texto é crucial. “ As respostas podem estar nos pequenos detalhes que você consegue ler no enunciado”, diz.

Confira a explicação completa no vídeo: