Encontrar talentos é problema para quase metade das empresas

Em dez anos, mais empresas fracassarão por não saberem lidar com a falta de talentos

Quarenta por cento das empresas em todo o mundo encontram problemas para contratar profissionais qualificados. A conclusão é de pesquisa da consultoria de recursos humanos Manpower, que envolveu 33 000 empregadores em 23 países durante o primeiro trimestre. Os dados referentes ao Brasil só serão concluídos no segundo semestre.

De acordo com o trabalho, as cinco categorias em que a falta de talentos é mais sentida são os representantes de vendas, engenheiros, técnicos (principalmente de produção e de manutenção), operadores de produção e operários qualificados, como carpinteiros e soldadores. Numa relação das dez áreas mais carentes de bons profissionais, os gerentes e executivos aparecem em último lugar. “A escassez de talentos está se transformando em realidade para uma grande quantidade de empresas no mundo todo, e se agravará nas próximas décadas”, afirma o presidente da Manpower, Jeffrey Joerres.

As conseqüências da escassez de bons profissionais terá reflexos no futuro das companhias, segundo Joerres. “Em dez anos, veremos muitos negócios fracassarem por não saberem planejar com antecipação a maneira como encarar a escassez de talentos e não serem capazes de encontrar as pessoas certas”, afirma.

Os países onde as empresas encontram maior dificuldade em contratar bons profissionais são: México (78% das respostas), Canadá (66%), e Japão (58%). Na Índia, apenas 13% dos empregadores afirmaram sofrer com esse problema.