É verdade que o certo é “terraplenagem”? Professor responde

Existe a palavra "terraplanagem" ou você deve abolir o uso dessa grafia? Confira a explicação de Diogo Arrais, professor de português

Nesta semana, recebi uma curiosa mensagem:  “É verdade que o correto é “terraplenagem”? Existe “terraplanagem” ou devo abolir o uso dessa grafia?”

 Ortografia, como se sabe, corresponde ao conjunto de regras estabelecidas pela gramática para uma dada língua, que ensinam a grafia correta das palavras e a utilização dos sinais de pontuação.

Em consulta ao Aulete (um dos mais importantes dicionários de nossa Língua), o termo “terraplanagem” simplesmente não consta. Há apenas “terraplenagem”, substantivo feminino, que significa o ato ou o efeito de terraplenar.

O Houaiss expõe a origem do termo: forma histórica datada de 1877, provém de “terraplenar + -agem”. Corresponde ao conjunto das operações necessárias para se proceder a uma construção (edifício, estrada de ferro ou rodagem, fortificação etc.) e que, basicamente, consiste no desmonte e no transporte de terras no aterro.

Apesar disso, o próprio Houaiss destaca: “terraplanagem” é a forma não preferencial de “terraplenagem”.

 Vamos, agora, ao Vocabulário Ortográfico da Academia Brasileira de Letras: há o registro das duas formas – terraplenagem e terraplanagem.

Caro leitor, a fim de garantir outros posicionamentos bibliográficos, é possível encontrar o posicionamento do conhecido autor Sérgio Nogueira: “o certo é terraplenagem”.

Seguindo a linha do Houaiss, os dicionários da editora Porto e o Michaelis, apesar de registrarem “terraplanagem”, indicam a consulta de “terraplenagem”.

Em suma: a forma tradicional é realmente “terraplenar, terraplenagem”, com o uso do E, com o devido respeito à forma histórica do termo. Não é preciso chegar ao exagero de abolir “terraplanagem” (a forma mais usual no Brasil), até porque nosso Vocabulário Ortográfico registra o termo.

VOCÊ SABIA?

A forma “abaixo-assinado” é diferente de “abaixo assinado”.  O documento que se assina é um “abaixo-assinado”:

  “Todos pedem um abaixo-assinado contra o presidente.”

 Por outro lado, quem assina o documento é um “abaixo assinado”:

“O abaixo assinado, Silva Santos, discorda das diretrizes traçadas na última reunião, uma vez que…”

 Um grande abraço, até a próxima e siga-me pelo Twitter!

Diogo Arrais

@diogoarrais

Professor de Língua Portuguesa – CPJUR

Autor Gramatical pela Editora Saraiva

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s