Redes sociais são tendência para carreira de publicidade e marketing

S&atilde;o Paulo &ndash; As companhias entraram de vez nas redes sociais - e levaram junto as campanhas publicit&aacute;rias. Como consequ&ecirc;ncia, cresce a demanda por profissionais de publicidade e marketing totalmente sintonizados &agrave; onda das novas m&iacute;dias. </p>

No entanto, saber tudo sobre Twitter e Facebook é essencial, porém não é suficiente.

O novo cenário pede pessoas que "sejam uma mistura de relações públicas, psicólogo, jornalista e publicitário, mas que também tenham conhecimentos matemáticos, já que tudo pode ser medido em tempo real", diz Gil Giardelli, professor de marketing digital da pós-graduação da ESPM.

A formação tem que ir além. Para seguir a lógica e o ritmo dessa era,  o profissional precisa ter conhecimentos de edição de vídeo e fotografia para criar soluções em tempo real. Fato que requer rapidez e muita criatividade.

Junte-se a isso as habilidades típicas de quem trabalha no meio offline, como entender profundamente o mercado e os negócios do cliente, além do comportamento do público-alvo na internet.

"O grande desafio hoje é equilibrar as campanhas em todas as mídias", diz o professor. Ganha pontos quem tiver a resposta e a estratégia ideal para essa convergência.