Brasileira é uma das 20 melhores escolas de negócio do mundo, segundo o FT

Fundação Dom Cabral, de Minas Gerais, aparece à frente de instituições como o MIT no ranking do jornal Financial Times

A Fundação Dom Cabral, de Minas Gerais, é uma das 20 melhores escolas de negócio do mundo, no segmento de educação continuada, de acordo com o ranking elaborado pelo jornal britânico Financial Times. A instituição figura na 16ª posição, empatada com a espanhola IE Business School e com a tradicional London Business School. A brasileira também se saiu melhor que escolas bastante valorizadas pelos homens de negócio, como o Massachusetts Institute of Technology (MIT), celeiro de dezenas de prêmios Nobel, como o do economista Joseph Stiglitz em 2001. Neste ano, o MIT aparece em 19º na lista.

As melhores escolas de negócio  
Ranking Instituição País
1 Harvard Business School EUA
1 IMD Suíça
3 Duke University EUA
4 Northwestern University EUA
5 Iese Business School Espanha
6 Universidade de Chicago EUA
7 Universidade da Pensilvânia Espanha
8 Center for Creative Leadership EUA, Bélgica e China
9 Columbia Business School EUA
10 Universidade Stanford EUA
11 Babson Executive Education EUA
11 HEC Paris França
11 Insead França
14 Universidade de Western Ontario Canadá e China
15 SDA Bocconi Itália
16 Fundação Dom Cabral Brasil
16 IE Business School Espanha
16 London Business School Inglaterra
Fonte: Financial Times  

A Fundação Dom Cabral vem subindo no ranking do Financial Times. Em 2006, por exemplo, ocupava a 19ª posição. No ano passado, estava na 17ª. O ranking completo engloba 45 instituições que oferecem cursos sob demanda e cursos abertos. São analisados 16 critérios, que consideram tanto a avaliação dos clientes dos cursos, quanto um questionário preenchido pela própria escola. Em sete destes quesitos, a brasileira está entre as dez primeiras: preparação do conteúdo; desenho do curso; qualidade dos participantes; follow-up; infra-estrutura; localização; e parcerias. O critério em que é mais deficiente é a ausência de palestrantes e participantes internacionais nos cursos. Neste item, a Fundação Dom Cabral ficou em 43º lugar.

A escola brasileira também é uma das três únicas representantes latino-americanas na lista – e a melhor colocada. O Ipade, do México, ficou na 19ª colocação, empatado com o MIT. Já a Argentina IAE Management and Business School vem em 25º.