As 25 melhores bolsas de estudo com inscrições em novembro e dezembro

Ainda é possível encontrar oportunidades para começar a estudar fora em 2019. Mas também há várias bolsas com estudos começando em 2020

Como todos os meses, o Estudar Fora compilou as melhores bolsas de estudo com inscrições abertas! Dessa vez, com o ano já chegando ao fim, ainda é possível encontrar oportunidades para começar a estudar fora em 2019. Mas também há várias bolsas com estudos começando em 2020 para as quais ainda dá bastante tempo de se preparar.

Por isso, a seleção atual inclui as melhores bolsas tanto em novembro quanto em dezembro. Há opções para graduação, mestrado e doutorado nos destinos mais procurados por quem deseja ter uma experiência de estudos fora. Isso inclui Estados Unidos, Austrália, Holanda e França. Também existem opções de programas de verão e oportunidade de participação em conferências globais. Confira!

Inscrições abertas para o preparatório gratuito da Fundação Estudar!

A Fundação Estudar está com inscrições abertas para seu programa de preparação com foco em jovens que desejam cursar a graduação no exterior. Totalmente gratuito, o Prep Estudar Fora tem como objetivo oferecer orientação sobre o processo de candidatura a universidades de fora do país. As inscrições geralmente acontecem entre os meses de fevereiro e abril, mas, esse ano, estão sendo antecipadas para que os estudantes tenham ainda mais tempo para se preparar. O prazo para se inscrever vai até 16 dezembro, pelo site.

Serão selecionados cerca de 40 estudantes, que receberão orientação individualizada de especialistas sobre o processo de application utilizado na seleção para graduação no exterior, especialmente por instituições norte-americanas. Serão abordados temas como provas SAT e ACT, exames de proficiência em inglês como TOEFL e IELTSessays, college list, etc. Ao longo do ano, os jovens também são acompanhados por um mentor que tenha cursado a graduação em outro país. A organização também proporciona auxílio financeiro para os custos do application, caso necessário.

Bolsas do LAIOB para brasileiros em cursos de Marketing, Gestão e Finanças nos EUA

O LAIOB (Latin America Institute of Business) oferece bolsas de estudo para jovens sul-americanos em cursos de curta duração em universidades de excelência nos Estados Unidos. Para a edição de julho de 2020, estão sendo oferecidas 12 bolsas do LAIOB no total – sendo 4 integrais e 8 de 70%, além de um número limitado de bolsas de 50% e 30%. As inscrições vão até 10 de novembro!

Podem se candidatar à bolsas do LAIOB graduados e graduandos maiores de 18 anos, com inglês avançado e que estejam dentro do público alvo de cada curso, descrito no site do instituto. Durante o processo seletivo, serão avaliados nível de proficiência em inglês, experiência profissional, background acadêmico e desempenho nas perguntas motivacionais e na entrevista. Não serão avaliados quesitos socioeconômicos.

 

Curso de verão em Cambridge recebe inscrições para bolsa

Estão abertas até 17 de novembro as inscrições para o Reach Cambridge, uma competição de essays para alunos do ensino médio promovida pela Universidade de Cambridge. O programa levará dois estudantes que tenham de 15 a 17 anos para um curso de verão em Cambridge.

Serão concedidas bolsas integrais e parciais aos estudantes. O o prêmio integral cobre as taxas do curso de verão em Cambridge, além de materiais do curso escolhido e passeios culturais. As bolsas parciais, por sua vez, cobrem 50% desses valores. Despesas como passagens aéreas, visto e hospedagem ficam a cargo do participante.

Governo francês oferece bolsas para brasileiros darem aula de português

A Embaixada da França no Brasil está com inscrições abertas para bolsas para brasileiros darem aula de português na França. As bolsas são parte do programa Assistants de Langue do governo francês, e têm o objetivo de permitir que os brasileiros se aproximem da língua e cultura francesa. As inscrições vão até 18 de novembro.

O programa terá duração de sete meses, entre outubro de 2020 e abril de 2021. Durante esse período, os bolsistas receberão um salário de 770 a 1100 euros por mês (dependendo do local onde ficarem) e terão o status de funcionários temporários do Estado francês. Poderão também se inscrever em uma universidade francesa, contanto que seus estudos não atrapalhem o seu trabalho docente.

Bolsas para cursos curtos de aperfeiçoamento profissional em Israel

A Oraganização dos Estados Americanos (OEA) está oferecendo 500 bolsas de estudo para cursos curtos de aperfeiçoamento profissional em Israel, no Galilee International Management Institute (GIMI). Os cursos têm duração de 12 a 14 dias e começam entre julho e dezembo de 2019, dependendo do curso. As inscrições vão até dezembro.

Há cursos disponíveis sobre diversos temas, desde gestão de recursos humanos até inovações bancárias e estratégias financeiras. Um calendário completo dos cursos disponíveis no segundo semestre pode ser visto aqui. Em todos os casos, as bolsas de estudo cobrem integralmente os tuition fees dos cursos, que chegam cerca de US$ 3.000 (R$ 11.600). O estudante aidna terá que arcar com despesas de acomodação, alimentação e transporte, no entanto.

Concurso tem viagem de uma semana para a África do Sul como prêmio

A Prodigy Finance, fintech que oferece financiamento para estudantes em busca de uma pós-graduação no exterior, está com inscrições abertas para seu concurso Go Global. O concurso levará dois estudantes que pretendam fazer pós-graduação em 2020 para uma viagem para a África do Sul, sede da fintech, com tudo pago por uma semana. As inscrições vão até 31 de dezembro.

Serão cobertos os valores referentes às passagens aéreas e à emissão do visto para a África do Sul. Além disso, segundo as regras do concurso, os dois vencedores também receberão um valor diário equivalente a 25 libras para arcar com custos de transporte e alimentação. Ao longo da viagem, eles se envolverão em atividades no escritório da fintech para conhecer o funcionamento da empresa. Estima-se que elas durem um total de 20 horas entre 5 dias.

O terceiro colocado do concurso receberão um MacBook Air com valor estimado em US$ 1.100. E todos os finalistas receberão um valor de US$ 200 para aplicar em plataformas de aprendizado online, como Udemy, Udacity, Khan Academy, Coursera ou LinkedIn Learning.

Curso de verão em Yale oferece bolsas de estudo para alunos do Ensino Médio

A Universidade Yale, que está entre as 20 melhores do mundo no ranking da consultoria Quacquarelli Symonds, oferece bolsas de necessidade financeira para estudantes do ensino médio que sejam aceitos para participar do programa Yale Young Global Scholars Program (YYGS).  As inscrições vão somente até o dia 15 de janeiro pelo site do programa.

YYGS é um curso de duas semanas que reúne jovens do ensino médio do mundo todo para estudar assuntos de sua escolha. No total, ele oferece nove programas interdisciplinares em áreas como ‘Política, Direito e Economia’ e ‘Ciências biológicas e biomédicas. O programa custa ao todo US$ 5 mil (custos com alimentação e acomodação incluídos), e no momento da inscrição o estudante deve sinalizar que deseja concorrer às bolsas.

 

Bolsas integrais de graduação na Tel Aviv University para brasileiros

A Universidade de Tel Aviv, em Israel, está oferecendo bolsas de até 100% para seu programa de graduação (B.Sc.) em Engenharia Elétrica e Eletrônica. As bolsas são oferecidas por meio de um fundo estabelecido pela organização Amigos Brasileiros da Universidade de Tel Aviv. A instituição também oferece bolsas para o seu bacharelado (B.A.) em Liberal Arts, que cobrem até 50% das anuidades.

No caso do programa de engenharia elétrica e eletrônica, as bolsas podem chegar a 100% do valor do curso, que é de US$ 4.550 por ano. O programa de Liberal arts, por sua vez, tem bolsas de até 50% do valor de US$ 12.000 por ano do curso. É possível ver mais informações e realizar inscrições por meio deste link.

Inscrições até novembro:

Bolsas de graduação na Clark University nos Estados Unidos

A Clark University está recebendo inscrições para o seu Global Scholars Program. Trata-se de um programa de bolsas de estudo de graduação na Clark University, no estado de Massachusetts, nos Estados Unidos, voltado para estudantes internacionais com boas notas e perfil de liderança. As inscrições vão até 15 de novembro.

Os bolsistas contemplados pelo programa podem receber de US$ 5 mil a US$ 25 mil de bolsas de estudo por ano. Esses valores representam até mais de 60% dos tuition fees dos cursos de graduação da universidade. Além disso, os candidatos ainda podem concorrer a outras oportunidades de bolsa por mérito oferecidas pela universidade.

Prêmio “Viva seu sonho” concede bolsas de estudo para mulheres

A proposta não poderia ser mais direta: fazer com que mulheres vivam seus sonhos e garantir os meios para isso. O Prêmio Viva Seu Sonho, da Soroptimist (ou, no nome em português, a Soroptimista Internacional das Américas), está com inscrições abertas até 15 de novembro.

As bolsas de estudo são direcionadas a mulheres que sejam mães, chefes de família, tenham baixa renda e estejam cursando ou tenham sido aceitas em cursos de graduação. Aquelas que são contempladas pela premiação recebem de US$ 1.000 a US$ 16.000.

Melhor universidade do Canadá oferece bolsas integrais para graduação

A Universidade de Toronto abre, todos os anos, as inscrições para seu programa de bolsas de estudo mais prestigiado. Batizada de bolsas Lester B. Pearson, a iniciativa oferece bolsas integrais de graduação no Canadá para alunos que queiram estudar na instituição. As inscrições vão até 29 de novembro.

Como prêmio, os selecionados para as bolsas Lester B. Pearson recebem apoio financeiro para a tuition e taxas acadêmicas, acomodação e livros didáticos, ao longo de quatro anos. Todos os anos, a Universidade de Toronto recebe uma média de 37 alunos contemplados pelo programa.

Inscrições até dezembro:

Bolsas para brasileiros em graduação na Nova Zelândia

A Universidade de Massey, na Nova Zelândia, disponibiliza bolsas parciais para candidatos estrangeiros em seus cursos de graduação. Os prazos para candidatura variam, de acordo com a área de formação. Para quem deseja estudar negócios, é dia 30 de novembro. Já os interessados em humanidades e ciências sociais têm como data limite o dia 1 de dezembro.

As bolsas parciais cobrem entre 10 mil dólares neozelandeses, no caso de pós-graduação, e 20 mil, para graduação. Os valores variam de acordo com o desempenho do estudante, e são descontados da anuidade, cujo valor médio é de 30 mil dólares. Dessa vez, o apoio financeiro vale para alunos inscritos em cursos de áreas como artes, comunicação, educação ou linguística.

Bolsas para graduação e mestrado na University Canada West

A University Canada West, uma universidade privada localizada no centro de Vancouver, na província de British Columbia no Canadá, está recebendo inscrições para o Americas Bursary. Trata-se de um apoio financeiro aplicado automaticamente a alunos de países do continente americano que se matricularem em alguns de seus programas de graduação ou mestrado. As inscrições vão até dezembro.

As bolsas oferecem desconto de até 60% nas tuition fees dos cursos contemplados. No caso dos programas de graduação, o valor total do curso, ao longo de quatro anos, cai para 27.840 dólares canadenses — um desconto de mais de 41 mil dólares canadenses ao todo. O MBA oferecido pela universidade, por sua vez, tem um desconto de cerca de 11 mil dólares canadenses, chegando a um custo de aproximandamente 23 mil dólares canadenses ao longo de dois anos.

Bolsa para graduação nos Estados Unidos, em Washington D.C.

A American University Emerging Global Leader Scholarship está recebendo inscrições de estudantes internacionais que desejem fazer sua graduação nos Estados Unidos em 2019. A bolsa é voltada para estudantes com interesse em retornar ao país de origem e que sejam dedicados à mudança social. O prazo final para candidatura à bolsa é 15 de dezembro.

O apoio financeiro cobre todos os custos de anuidade, incluindo alojamento e alimentação – totalizando aproximadamente 66 mil dólares. Demais gastos com seguro saúde, passagens aéreas e despesas com visto são responsabilidade do estudante. A bolsa pode ser renovada pelos quatro anos do curso. Entretanto, a renovação está sujeita à manutenção de um bom desempenho acadêmico.

Inscrições até 2020:

Bolsas de estudo na Università Bocconi na Itália

A Università Commerciale Luigi Bocconi, localizada em Milão, na Itália, oferece bolsas de estudo integrais de graduação e mestrado na Itália, com base em mérito e em necessidade financeira. Além do abatimento da anuidade, candidatos particularmente bem rankeados também poderão receber acomodação gratuita em alojamentos da universidade. As bolsas são renovadas automaticamente até duas vezes, contanto que o bolsista mantenha um bom desempenho acadêmico.

O processo de candidatura aos cursos inclui o envio de currículo acadêmico, certificados de idiomas, Carta de Motivação e notas em testes padronizados, como SAT ou o Bocconi Test, organizado pela própria universidade. Os estudantes podem se candidatar simultaneamente a qualquer uma das bolsas, mas elas não são cumulativas. Saiba mais sobre a candidatura aos programas de graduação aqui. As inscrições para a próxima rodada vão até 14 de janeiro de 2020.

Bolsas de estudo na UBC, uma das melhores universidades do Canadá

A University of British Columbia, no Canadá, está entre as melhores instituições do país em rankings internacionais. Para permitir que mais estudantes tenham acesso às salas de aula de lá, há uma série de bolsas de graduação na UBC, disponibilizadas pela própria universidade. Duas delas valem para graduação e recebem inscrições até o dia 15 de janeiro de 2020. São a International Major Entrance Scholarship e o Outstanding International Student Award.

Os valores das bolsas e dos prêmios variam de acordo com o ano, e a instituição de ensino não informa detalhes para essa edição. Em termos gerais, a University of British Columbia, no Canadá, concede 21 milhões de dólares em apoio financeiro para graduação.

Curso de preparação para estudar fora tem bolsa para jovens de baixa renda

Não é só no Brasil: muita gente do mundo inteiro tem vontade de estudar nas univesidades de ponta dos Estados Unidos. Foi isso que motivou Ethan Sawyer a criar o College Essay Guy, um perfil dedicado a ajudar jovens durante a application. Conforme seu público foi crescendo, Sawyer alistou a ajuda de outrs profissionais, e então criou a Matchlighters Scholarship, que conecta jovens promissores a profissionais capazes de ajudá-los na preparação para estudar fora.

De acordo com Sawyer, a bolsa “conecta orientadores generosos e experientes a estudantes de baixa renda e alto potencial do mundo inteiro, para levar a oportunidade de entrar na universidade para aqueles que mais necessitam”. Os alunos contemplados pela bolsa receberão quatro horas de auxílio com seus essays e preparação geral para a application, e duas horas de ajuda para criar uma lista de universidades ideais de orientadores experientes.

Bolsas de estudo para graduação e mestrado na Holanda

Estão abertas as inscrições para o Holland Scholarship, programa de bolsas de estudo financiado pelo Ministério Holandês da Educação, Ciência e Cultura, em parceria com universidades holandesas de pesquisa e ciências aplicadas. O auxílio, no valor de 5 mil euros, é destinado a estudantes estrangeiros de fora do Espaço Econômico Europeu (EEA), interessados em estudar na Holanda fazendo uma graduação ou mestrado.

O valor pode ser usado em mais de 2.100 programas ministrados em inglês em instituições holandesas. A contribuição financeira cobre os gastos referentes ao primeiro ano do curso, sem possibilidade de renovação, e o prazo final para se inscrever ao Holland Scholarship depende do curso escolhido, podendo variar entre 1 de fevereiro e 1 de maio de 2020.

 

Bolsas de estudo na Alemanha

Bolsas de pós-graduação na Alemanha em áreas relacionadas ao desenvolvimento, do DAAD

O serviço alemão de intercâmbio acadêmico (DAAD) está com inscrições abertas para bolsas de estudo na Alemanha em uma série de programas relacionados ao desenvolvimento econômico. As bolsas são parte do programa EPOS, criado com foco no aperfeiçoamento de profissionais de destaque de países em desenvolvimento. As inscrições variam de 31 de agosto de 2019 a até 31 de março de 2020.

No total, são 40 cursos de mestrado e doutorado, com duração entre um e dois anos, ministrados em inglês ou alemão em diversas instituições de ensino superior do país. Uma lista completa dos cursos participantes pode ser vista neste documento.

Bolsa de estudos para comunicação e artes na Alemanha

O DAAD (Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico) está com inscrições abertas para uma lista extensa de cursos de mestrado. Dessa vez, o foco são campos de comunicação e artes na Alemanha, para programas de pós-graduação com duração variada. Para ter uma ideia, áreas contempladas incluem arquitetura, música, artes cênicas, dança, artes plásticas, cinema e design. As bolsas de estudo oferecidas pelo DAAD contemplam auxílio mensal para manutenção no país, seguro-saúde e passagens aéreas de ida e volta. O valor mensal recebido pelo aluno é de 850 euros, pela duração do programa, que vai de 10 a 24 meses.

Os prazos para submissão de candidatura variam, de acordo com o programa escolhido. Em arquitetura, por exemplo, é necessário enviar todos os documentos até 30 de setembro. Já música tem como data limite o dia 15 de outubro, e artes cênicas/dança, 31 de outubro. O último prazo disponível fica para cursos de artes plásticas, cinema e design, que recebem applications de bolsa até 30 de novembro.

Bolsas para mestrado em ecologia na Alemanha, do DAAD

O serviço alemão de intercâmbio acadêmico (DAAD) está oferecendo até oito bolsas de estudo para mestrado na Alemanha, na área de ecologia e conservação. As bolsas são para o programa de mestrado em Ecologia da Paisagem e Conservação da Natureza (ou LENC na sigla em inglês) oferecido pela Universidade de Greifswald, no nordeste da Alemanha. As inscrições vão até 15 de dezembro.

As bolsas de estudo para mestrado na Alemanha do DAAD oferecem um valor mensal de €750 (cerca de R$ 3.300) e subsidiam os custos de estudo e pesquisa do candidato, além de suporte para a família do bolsista. Cobrem também as despesas com passagem aérea, seguro de saúde na Alemanha, e um curso de alemão de dois meses antes do início dos estudos (em agosto de 2020, segundo o edital).

Bolsas de estudo para pesquisas climáticas na Alemanha

A Fundação Alexander von Humboldt está com inscrições abertas para o International Climate Protection Fellowship Programme. O programa oferece até 20 bolsas de estudo por ano para profissionais de países em desenvolvimento que desejem realizar pesquisas climáticas na Alemanha. As inscrições para a edição 2020  vão até 1º de março de 2020!

O programa tem duração de um ano, com início em março de 2021. São contemplados estudos em diversas áreas, incluindo os aspectos jurídicos, econômicos, sociais e de saúde relacionados à crise climática. Os selecionados receberão entre €2,170 e €2,670 por mês para viver na Alemanha, além de ajuda de custo para viagens e para o desenvolvimento de seus projetos. Está previsto também um auxílio extra para participantes que forem acompanhadas do esposo(a) e filhos.

 

Bolsas de estudo na Áustria

Bolsas de pós-graduação para mulheres na área de TI

Estão abertas as inscrições para o Helmut Veith Stipend, um programa de bolsas de estudo de pós-graduação na Áustria para mulheres da área de tecnologia da informação. As bolsas de estudo são voltadas para mulheres que queiram realizar um dos programas de mestrado em Ciências da Computação da Universidade Técnica de Vienna (TU Wien) ministrados em inglês. As inscrições vão até 30 de novembro.

As bolsistas selecionadas terão todos os custos de tuition cobertos. Receberão também um valor de €6.000 (cerca de R$ 26.100) por ano durante a duração do programa para auxiliar com o custo de vida em Vienna, na Áustria. Veja mais informações.

Instituto seleciona estudantes para programa de verão

Estão abertas as inscrições para o 2020 Young Scientists Summer Program, que proporciona a estudantes de comunicação uma experiência de pesquisa no IIASA (International Institute for Applied Systems Analysis). Localizado na cidade de Laxemburgo, na Áustria, o instituto se dedica a pesquisas sobe mudanças complexas nas áreas ambiental, econômica e social ocorridas ao longo do século XXI. O prazo para se inscrever vai até 11 de janeiro.

As concorridas bolsas serão concedidas pelo período de junho a agosto de 2019, cobrindo os custos do curso, das passagens aéreas e do seguro saúde, e oferece um auxílio-instalação para ajudar a arcar com o custo de vida durante a duração do programa. Os participantes, durante sua pesquisa, ficarão sob supervisão direta de profissionais do IIASA. A ideia é que ao longo dos três meses de permanência no instituto eles produzam um paper, que depois pode ser expandido para um artigo, sobre a sua área de pesquisa.

 

Bolsas de estudo no Canadá

Governo do Canadá oferece 166 bolsas de estudo para doutorado

O Programa Vanier Canada Graduate Scholarships é promovido pelo governo do Canadá para incentivar estudos de doutorado no país. Anualmente, são oferecidas mais de 160 bolsas de estudo no valor de 50 mil dólares canadenses para estudantes das áreas de ciências sociais, humanas, ciências da natureza, engenharia e saúde.

As inscrições para a próxima edição vão até 6 de novembro. Já os cursos, por sua vez, começam em maio ou setembro de 2020. Veja aqui mais informações.

 

Bolsas de estudo nos Emirados Árabes Unidos

Bolsas de estudo integrais de pós em Abu Dhabi

A Khalifa University está recebendo inscrições para bolsas integrais de pós-graduação em Abu Dhabi, onde está sediada. As bolsas contemplam tanto os programas 14 de mestrado quanto os 12 de doutorado oferecidos pela universidade. As inscrições vão até 3 de novembro para ingresso em janeiro de 2020, ou até fevereiro de 2020 para ingresso em agosto.

A lista completa dos programas oferecidos pela instituição pode ser vista neste link, sob a aba “Academic”. As bolsas integrais para pós-graduação em Abu Dhabi cobrem totalmente os custos de tuition do programa e incluem passagens aéreas anuais. Também cobrem seguro de saúde e um valor de US$ 2.200 a US$ 2.700 por mês para ajuda com os custos de vida no país.

 

Bolsas de estudo nos Estados Unidos

Bolsas de até US$ 30 mil para mulheres, da AAUW

A bolsa para mulheres nos EUA criada pela American Association of University Women (AAUW) está com inscrições abertas até o dia 15 de novembro. As bolsas de estudo são oferecidas para mulheres não-estadunidenses que desejem cursar uma pós-graduação (mestrado, programa de aperfeiçoamento profissional, doutorado ou pós-doutorado) em tempo integral em instituições dos Estados Unidos. A elas, a associação oferece apoio financeiro de US$ 18 mil (para mestrado ou programa de aperfeiçoamento profissional), US$ 20 mil (para doutorado) ou US$ 30 mil (pós-doutorado).

Segundo o site oficial da AAUW, a preferência é dada às candidatas que trabalhem em prol da igualdade de gênero, seja em sua carreira profissional, seja em atividades comunitárias. As estudantes devem ter desempenho acadêmico exemplar e perfil de liderança em sua área de atuação, como negócios, academia e indústria.

Bolsas para pós em políticas públicas em Nova York, na NYU

Estão abertas as inscrições para o Henry Hart Rice Urban Studies Fellowship, um programa de bolsas da New York University (NYU) que concederá bolsas de pós-graduação em políticas públicas a dois estudantes. O pograma é partrocinado pela Rice Family Foundation, fundação criada para homenagear o urbanista Henry Hart Rice que atuou por bastante tempo na cidade de Nova York e é em grande parte responsável pela atual paisagem da cidade. As inscrições vão até 2 de dezembro.

A bolsa cobre integralmente os custos de estudo na NYU Wagner, a escola de políticas públicas da universidade. Entre os cursos oferecidos pela escola estão programas de MPA com foco em planejamento urbano, políticas e gestão de saúde pública, e políticas e gestões de organizações sem fins lucrativos. A bolsa, no entanto, não cobre os custos de transporte, moradia e alimentação em Nova York.

Obama Foundation tem bolsas de estudo para curso de um ano em Nova York com tudo pago

A Obama Foundation, criada pelo ex-presidente americano Barack Obama e pela ex-primeira-dama e advogada Michelle Obama, anunciou mais uma edição das bolsas da Obama Foundation Scholars Program, focado em jovens líderes. A iniciativa da Obama Foundation engajará jovens do mundo todo em uma fellowship. Trata-se de um programa de liderança e aprendizado acadêmico de um ano de duração, na Universidade Columbia. As inscrições vão até 13 de dezembro. 

Os bolsistas ganharão um valor mensal (não especificado) para ajudar com o custo de vida em Nova York, um apartamento mobiliado a uma caminhada de distância de Columbia, passagens aéreas, seguro de saúde,os custos de tuitiondo programa e de até mais quatro matérias em Columbia.

Programa de MBA nos EUA tem bolsas de até US$ 50 mil para brasileiros

A Marshall School of Business, da University of Southern California (USC), está oferecendo bolsas para seu programa de MBA nos EUA em 2020 a estudantes brasileiros. Considerado um dos 10 melhores dos Estados Unidos na área de negócios, o International Business Education and Research MBA, ou IBEAR MBA, é um programa de um ano, criado para profissionais em meio de carreira. As inscrições vão até 31 de dezembro.

A seleção exige que o candidato comprove um mínimo de seis anos de experiência profissional e diploma de bacharel antes do início do programa. Para se candidatar, é necessário enviar cópias do histórico acadêmico, diploma e CV (acompanhadas de versões em inglês), nota do GMAT ou GRE, e nota do TOEFL ou IELTS. Também é preciso preencher um formulário online, que inclui essays e duas cartas de recomendação. Mais detalhes sobre o processo de candidatura podem ser vistos aqui.

Bolsas em Harvard para pesquisadores focados em questões ambientais

O Harvard University Center for the Environment abriu inscrições das fellowships para pesquisadores experientes, que já tenham concluído o doutorado. São bolsas para pesquisas ambientais em uma das melhores universidades do mundo. Os interessados podem se candidatar ao programa até dia 10 de janeiro.

Durante os dois anos de programa, os fellows desenvolvem pesquisas sobre assuntos “complexos” ligados ao meio ambiente. É possível trabalhar junto a qualquer departamento da universidade, já que os candidatos possuem formações acadêmicas variadas. Diversidade do corpo estudantil, aliás, é um dos compromissos do departamento.

Universidade Johns Hopkins lança bolsa de mestrado em homenagem a Marielle Franco

A universidade estadunidense Johns Hopkins inaugurou recentemente a bolsa de estudos em homenagem a Marielle Franco, vereadora assassinada em março de 2018 no Rio de Janeiro. O apoio financeiro foi disponibilizado graças a uma doação anônima recebida em nome de Marielle.

O valor ainda não foi divulgado, mas o fato é que a bolsa vai custear parte das despesas do mestrado em relações internacionais com foco na América Latina. O curso faz parte do Programa de Estudos Latino-Americanos (LASP) da School of Advanced International Studies (SAIS) na Johns Hopkins. Candidatos a qualquer curso do SAIS da Johns Hopkins serão considerados para receber a bolsa Marielle Franco, desde que sua área de concentração na pesquisa sejam os estudos latino-americanos. A lista de cursos disponíveis pode ser acessada nessa página.

 

Bolsas de estudo na Europa

Erasmus Mundus: programa de bolsas da Europa tem inscrições abertas!

O Erasmus Mundus é um programa de cooperação internacional, criado em 2004 e financiado pela Comissão Europeia, que permite a mobilidade de alunos que estejam no ensino superior. Graças a bolsas de estudo, estudantes e pesquisadores de todo o mundo podem realizar um intercâmbio ou mesmo ter sua formação completa em algumas das melhores universidades europeias. E, atualmente, estão abertas as inscrições para diversos programas de mestrado com bolsa integral do Erasmus Mundus!

As bolsas podem ser concedidas para graduação sanduíche, pós-graduação (mestrado completo, mestrado sanduíche, doutorado completo, doutorado sanduíche) e pós-doutorado. O programa também oferece bolsas para servidores que atuem no ramo da educação (funcionários administrativos), interessados em trocar conhecimento e experiências.

Atualmente, o propgrama Erasmus Mundus está recebendo inscrições para uma série de programas de mestrado na Europa. A lista completa de programas pode ser visualizada no catálogo que ele oferece. Por lá, é possível filtrar por área de estudo, países de destino, universidades de destino, duração dos programas (de acordo com o número de créditos) e ano de ingresso.

Bolsas de estudo integrais para mestrado em biodiversidade e ecossistemas em 3 países

Estão abertas as inscrições para o programa de mestrado Tropimundo, um curso de mestrado Erasmus Mundus focado em biodiversidade e ecossistemas tropicais. O mestrado é realizado em três universidades diferentes dentre doze possíveis, incluindo oito instituições europeias e quatro parceiras em regiões tropicais. E o Erasmus Mundus também oferece bolsas integrais para mestrado em biodiversidade. As inscrições vão até 30 de novembro.

As bolsas integrais para mestrado em biodiversidade oferecidas pelo Erasmus Mundus cobrem integralmente os custos de tuition do programa, que são de 18 mil euros ao todo. Além disso, cobrem passagens aéreas e oferecem um auxílio-instalação de mil euros para o estudante no primeiro mês de estudos. Também incluem uma mesada de mil euros para auxiliar com os custos de vida.

Bolsa Erasmus Mundus para mestrado em Comunicação Digital

Estão abertas as inscrições para o Masters in Digital Comunication Leadership DCLead, um mestrado em comunicação digital com foco em liderança e bolsa Erasmus Mundus. O programa é resultado de uma parceria entre universidades da Áustria, Bélgica, Dinamarca e Holanda. As inscrições vão até 5 de dezembro!

Estudantes que forem aprovados para as bolsas do programa Erasmus Mundus terão cobertos todos os custos de participação do programa. Receberão ainda um auxílio mensal de €1.000 por mês para ajudar com os custos de vida, além de até €3.000 para auxiliar com o valor das passagens aéreas e um auxílio-instalação de €1.000 no início do programa.

Bolsas de estudo para mestrado em “mercados globais”

O programa GLOCAL, do Erasmus Mundus, está com inscrições abertas até 10 de janeiro de 2020. O mestrado em mercados globais reúne temáticas de quatro áreas: História Econômica e Social, Negócios, História e Economia.

Há duas opções de candidatura para o programa: com ou sem a bolsa do Erasmus Mundus. Para cobrir os gastos do aluno, a apoio financeiro inclui uma ajuda de custo mensal de mil euros, além de auxílio-viagem de três mil euros. Os benefícios cobrem ainda os gastos com taxas universitárias e um valor de mil euros para instalação no país de destino.

Bolsas de estudo para mestrado em saúde pública

Estão abertas as candidaturas para o programa “EUROPUBHEALTH” de mestrado em saúde pública na Europa, promovido pela Comissão Europeia. As inscrições para as bolsas de excelência disponíveis (cuja quantidade ainda não foi informada) podem ser realizadas até 15 de janeiro, pelo site.

Para o ano letivo 2020-2022, serão distribuídas bolsas de excelência no valor de, no máximo, 46 mil euros pelos dois anos, além de bolsas adicionais especialmente destinadas aos melhores alunos de algumas regiões prioritárias – incluindo América Latina. Esse valor cobre os custos de participação no programa,até três mil euros em passagens aéreas por ano, um auxílio-instalação de mil euros, e uma mesada de mil euros para ajudar com o custo de vida.

Bolsas de estudo para mestrado em literatura comparada

Estão abertas as inscrições para o programa de mestrado Crossways in Cultural Narratives. O programa da Erasmus Mundos, elaborado em consórcio por 12 universidades europeias, é uma espécie de fusão de cursos de literatura comparada e estudos de mídia, e oferece bolsas integrais da modalidade Erasmus+. As bolsas integrais para mestrado em literatura comparada tem tem inscrições até 20 de janeiro.

As bolsas Erasmus+ oferecidas cobrem integralmente os custos de participação no programa (que são de 14 mil euros, ou cerca de R$ 62 mil, pelos dois anos do mestrado). Também incluem uma mesada de 1.000 euros para ajudar com o custo de vida, 3.000 euros por ano para passagens aéreas, seguro de saúde e auxílio-instalação de 1.000 euros durante o primeiro mês do programa.

Site oferece bolsa de €5.000 para mestrado na Europa

Se você pensa em fazer mestrado na Europa e já quer se programar com antecedência, fique ligado. O site educations.com está oferecendo a Study a Master’s in Europe Scholarship, uma bolsa de mestrado na Europa no valor de €5.000 (cerca de R$ 22.000) para cursos que se iniciam no segundo semestre de 2020. As inscrições vão até 13 de abril de 2020.

O valor pode ser usado pelo bolsista para cobrir os custos de tuition de qualquer curso de mestrado de sua escolha na Europa. Como o valor é pago diretamente à universidade, ele não pode ser usado para outros fins. No entanto, a bolsa não tem cláusula de exclusividade: ou seja, você pode se candidatar a outra bolsa de mestrado na Europa para ajudar a custear seus estudos, se quiser.

 

Bolsas de estudo na França

Quer estudar no Sciences Po? Confira as bolsas Emile Boutmy

Se o seu sonho é estudar no Sciences Po, em Paris, a renomada instituição também pode te ajudar com seus custos de vida na cidade luz. As inscrições para bolsas de estudo para o Sciences Po do programa Emile Boutmy estão abertas até 15 de dezembro, para os cursos de mestrado. Para os cursos de graduação, o fim dos prazo ainda não foi definido (mas, no ano passado, foi 26 de abril).

O apoio financeiro varia entre 3 e 7,3 mil euros, pelos três anos de graduação. Em alguns casos, além desse valor, o aluno também pode receber um apoio financeiro anual de 5 mil euros para ajudar a arcar com os custos de vida. Já para os cursos de mestrado, há prêmios de 10 mil euros por ano pelos dois anos de curso, ou um valor menor, de 5 mil euros, para cada ano.

Inscrições abertas para 20 bolsas de mestrado em Paris

A École Normale Supérieure (ENS) abriu inscrições para seleção internacional de 2020 na capital francesa, onde se localiza. Serão oferecidas 20 bolsas de mestrado em Paris, sendo 10 delas destinadas à área de Ciências (com inscrições até 19 de outubro) e as outras 10, a Letras (até 31 de outubro). As inscrições vão até 15 de dezembro.

Os programas têm duração de três anos e as aulas começam em setembro, mas, ante de iniciar os estudos, os alunos passam por um curso de aperfeiçoamento de francês oferecido pela própria escola. Ao longo de todo o mestrado, os estudantes contarão com uma bolsa de estudos mensal, no valor de 1.000 euros.

Bolsas do governo francês para pós-graduação na França

O Ministério de Relações Exteriores e Desenvolvimento Internacional da França anunciou as inscrições para as bolsas Eiffel. O programa concede a estudantes estrangeiros bolsas de estudo para realizar mestrado ou doutorado no país. As inscrições vão até 9 de janeiro de 2020.

Os benefícios variam de acordo com o nível de formação dos alunos. Os estudantes de mestrado recebem 1.181 euros mensais e os de doutorado, 1.400. Também estão inclusas no apoio financeiro as passagens aéreas, seguro saúde e ajuda de custo para atividades culturais.

 

Bolsas de estudo na Holanda

Inscrições abertas para bolsas integrais de mestrado na Holanda

A Delft Universiy of Technology (TU Delft) está com inscrições abertas para as bolsas de mestrado concedidas pela fundação Justus & Louise van Effen O auxílio, integral, é destinado a estudantes internacionais aceitos em programas de mestrado da instituição, sendo que o principal critério para concedê-lo é que os candidatos tenham excelente desempenho acadêmico. As inscrições vão até primeiro de dezembro.

São oferecidas duas bolsas de estudo integrais para cada uma das oito faculdades da instituição. O apoio financeiro cobre os custos de tuition de todo o período do mestrado, além de oferecer workshops, seminários e um programa de desenvolvimento profissional aos selecionados. Além disso, oferece um valor anual de 30 mil euros (cerca de R$ 135 mil) para auxiliar estudantes de fora do continente europeu com os custos de vida durante os estudos.

Bolsas de estudo integrais na Universidade de Maastricht

A Universidade de Maastricht, na Holanda, oferece a estudantes de fora da União Europeia a possibilidade de concorrerem às bolsas Holland High Potential Scholarship – que cobrem tanto a anuidade do curso como um auxílio financeiro para manutenção no país. As inscrições serão recebidas até o dia 1º de fevereiro.

As bolsas cobrem integralmente os valores de anuidade (que ficam entre 13,8 mil euros e 16,8 mil euros), seguro saúde, custos com visto e um auxílio financeiro para manutenção no país. Os valores desse auzílio financeiro giram em torno de 12,3 mil euros para um período de 13 meses, e 23,7 mil euros para 25 meses.

Universidade Radboud oferece bolsas de estudo para mestrado

Já pensou em fazer mestrado na Holanda? Todos os anos, a Radboud University oferece bolsas parciais, de mais de 80%, para alunos internacionais em programas de mestrado selecionados. São, ao todo, 30 bolsas disponíveis. As inscrições seguem até dia 1 de março de 2020, prazo final para applications na instituição.

A bolsa cobre parcialmente os custos para estudar na universidade. Na prática, em vez de pagar a taxa cobrada a estudantes internacionais, os alunos contemplados com a bolsa de estudos arcam com os mesmos custos que um cidadão europeu. Para o ano letivo de 2020/2021, o valor da tuition, com bolsa, fica em €2.143, em vez dos 11 a 12 mil euros cobrados sem a bolsa.

Universidade de Twente oferece 50 bolsas de estudo de mestrado

A Universidade de Twente, localizada na Holanda, abriu inscrições para suas bolsas de mestrado. São duas rodadas de seleção, e a primeira delas começa no dia 15 de outubro e vai até o dia 1 de fevereiro de 2020. Já a segunda recebe os candidatos a partir de 2 de fevereiro e vai até 1 de maio. Ao todo, serão cerca de 50 contemplados pelas bolsas de estudo.

O apoio financeiro varia entre 3 mil e 25 mil euros (ou aproximadamente R$ 13.600 a R$ 113.700 na cotação atual), a depender do estudante selecionado. A quantia pode ser usada pelo aluno para arcar com as despesas de manutenção no país, ou mesmo para tuition. Para ser elegível, o aluno deve ter sido aceito por um dos programas de mestrado destacados. Entre eles, estão Matemática Aplicada, Estudos de Comunicação, Nanotecnologia, Tecnologia de Energia Sustentável e Psicologia. A lista complta dos programas elegíveis pode ser vista aqui.

 

Bolsas de estudo em Hong Kong

250 bolsas para PhD nas melhores universidades de Hong Kong

Com o objetivo de atrair talentos globais para realizar seu PhD em Hong Kong, o Hong Kong PhD Fellowship Scheme (HKPFS) oferecerá 250 bolsas de estudo em sua edição de 2020. As inscrições podem ser feitas até 2 de dezembro.

As bolsas, que cobrem os três anos de estudo e pesquisa, oferecem um auxílio anual de 309 mil HKS – aproximadamente 40 mil dólares, ou R$ 163.300 – além de um fundo para pesquisa de 12.900 mil HKS (ou R$ 6.800) que pode ser usado para viagens, participação em conferências ou outras atividades relacionadas ao seu projeto.

 

Bolsas de Estudo na Itália

Bolsas de estudo de mestrado na Università Bocconi

A Università Bocconi está oferecendo bolsas integrais de mestrado na Itália, com base em mérito e em necessidade financeira. O próximo round de inscrições se encerra em 19 de dezembro. Elas cobrem 100% da anuidade e podem incluir alojamento no campus da universidade.

A candidatura para o programa inclui o envio de resultados do GMAT ou GRE, histórico escolar, currículo e Carta de Motivação, além de comprovação de proficiência no idioma do curso. Confira aqui o passo a passo para candidatura. A próxima rodada de inscrições para o mestrado se encerra em 19 de dezembro.

 

Bolsas de Estudo no Japão

UNESCO e governo do Japão tem bolsas para pesquisadores

Estão abertas até 29 de novembro as inscrições para a fellowship Keizo Obuchi, uma iniciativa da UNESCO para pesquisadores de até 40 anos. O programa, desenvolvido em parceria com o governo do Japão, recrutará dez estudiosos para receber um aporte de US$ 10.000 aos seus projetos de pesquisa, que podem ser realizados ao longo de 3 a 9 meses em quaisquer países.

Embora as bolsas sejam para qualquer país, terão preferência os candidatos que desejarem realizar pelo menos parte de seus estudos no Japão. Mulheres e cidadãos de países em desenvolvimento também terão preferência no processo de seleção das bolsas.

 

Bolsas de estudo no Reino Unido

Chevening: abertas as inscrições para bolsas no Reino Unido

Estão abertas até o dia 6 de novembro as inscrições para o programa Chevening, que concede bolsas de estudo no Reino Unido para alunos de mais de 160 países, incluindo o Brasil. Em geral, as bolsas são para programas de pós-graduação de um ano (mestrado ou MBA) em diversas universidades do Reino Unido, com início previsto em setembro de 2020.

As bolsas Chevening cobrem as passagens de ida e volta para o Reino Unido, anuidade do curso escolhido, taxas administrativas da universidade e ainda incluem uma quantia mensal em dinheiro para as despesas pessoais do aluno. Também está incluído o valor de emissão do visto para o Reino Unido e um auxílio financeiro para instalação no país.

Bolsas de estudo integrais para doutorado em neurociência

O Sainsbury Wellcome Center (SWC), um centro de pesquisa em neurociência associado à University College London (uma das melhores universidades da Inglaterra), está com inscrições abertas para seu programa de bolsas integrais para doutorado na Inglaterra. Os estudantes aceitos pelo programa poderão cursá-lo com todas as despesas pagas, e as inscrições vão até 17 de novembro.

Os escolhidos terão todas as despesas de estudo pagas, e receberão ainda um valor anual de 22.278 libras (cerca de R$ 115.000 na cotação atual) para auxiliar com o custo de vida em Londres. Também receberão fundos adicionais (num valor não especificado) para comparecer a cursos ou conferências internacionais.

Bolsas integrais da Universidade de Cambridge para doutorado

Estão abertas as inscrições para o programa Cambridge International Scholarships, um programa de bolsas de estudo integrais da Universidade de Cambridge para alunos e pesquisadores estrangeiros que queiram estudar para conquistar um PhD (doutorado) na instituição. As inscrições variam de acordo com as áreas de estudos, mas todas elas estão abertas até 3 de dezembro.

O programa é uma espécie de versão internacional do Vice-Chancellor’s Awards, um programa de bolsas da Universidade de Cambridge para alunos do Reino Unido e União Europeia. No total, os dois programas contemplarão 250 alunos com bolsas que cobrem integralmente os custos de estudo do PhD (que podem ser de mais de 30 mil libras por ano) em Cambridge e oferecem uma “mesada” suficiente para que o aluno se mantenha durante os estudos. O valor dessa mesada não é especificado, mas é “suficiente para uma pessoa”, segundo o programa.

Universidade de Oxford oferece 130 bolsas de estudo para pós

As bolsas Clarendon (criadas pela Universidade de Oxford em 2001) estão com inscrições abertas até janeiro de 2020 — o prazo final exato depende do curso escolhido. A iniciativa apoia candidatos de mestrado e de doutorado de qualquer área do conhecimento, que tenham desempenho acadêmico excelente. Anualmente, são cerca 130 bolsas para pós-graduação concedidas a estudantes do mundo todo. No ano passado, 130 estiveram disponíveis.

As bolsas de estudo para pós-graduação cobrem todo o valor de anuidade e das taxas acadêmicas, além de oferecerem um auxílio financeiro para as despesas do aluno durante o período de estudos. Ao longo do ano, são cerca de 15 mil libras por ano para cada candidato a programas em tempo integral.

Entre os estudantes de cursos part-time, que não tenham dedicação integral, também recebem apoio financeiro que cobre todas as taxas acadêmicas e tuition. Para esses, no entanto, o valor destinado às despesas mensais é menor: pelo menos 2.500 libras para candidatos ao mestrado e pelo menos 5.000 libras para o doutorado.

Fundação oferece bolsas de estudo integrais para MBA em Oxford

A Perishing Square Foundation está oferecendo bolsas integrais para MBA em Oxford como parte de um programa anual de apoio financeiro a estudantes. São seis bolsas integrais para o programa “1+1 MBA” da universidade, que combina um ano de mestrado com um ano de especialização em negócios. As inscrições vão até janeiro de 2020.

As bolsas integrais para MBA em Oxford cobrem integralmente os custos do mestrado e do MBA. Oferecem também um valor de no mínimo 15.009 libras (cerca de R$ 76.700) para auxiliar com os custos de vida do estudante ao longo dos dois anos do curso. Além disso, os bolsistas também são convidados para uma viagem para Nova York, na qual poderão participar de encontros e workshops com notáveis inovadores de diversas áreas de atuação.

Universidade oferece 30 bolsas para PhD em diversas áreas

A Universidade de Warwick, no Reino Unido, abriu recentemente as inscrições para o seu programa de bolsas “Chancellor’s International Scholarship”, que anualmente oferece bolsas para PhD na Inglaterra em qualquer departamento da instituição. As inscrições vão até 16 de janeiro de 2020.

Serão oferecidas 30 bolsas de estudos que incluem o valor integral das anuidades (que chegam a 24 mil libras, ou cerca de R$ 120 mil na cotação atual) e uma ajuda de custo para manutenção no país durante todo o período do programa. Essa ajuda de custo, segundo o programa, é de 15.239 libras (aproximadamente R$ 76.300) por ano. As bolsas têm duração máxima de três anos e meio. Candidatos que já tenham iniciado um programa de PhD podem concorrer também, mas nesse caso receberão a bolsa apenas pela duração necessária para concluírem seus estudos.

Universidade de Oxford lança bolsas para pós-graduação

As bolsas Oxford-Weidenfeld and Hoffmann, lançadas pela universidade britânica em 2015, estão com inscrições abertas até janeiro de 2020. Dependendo do curso, o prazo vai até dia 10 ou até dia 24. A iniciativa foca candidatos da pós-graduação que tenham desempenho acadêmico excelente e cujos projetos de pesquisa visem resolver questões sociais atuais.

As bolsas para pós-graduação cobrem todo o valor de anuidade e das taxas acadêmicas, além de oferecerem um auxílio financeiro para as despesas do aluno durante o período de estudos. Ao longo do ano, são, no mínimo, 15.009 mil libras (cerca de R$ 61.200 na cotação atual) de auxílio. Durante o período do curso, como parte do Oxford-Weidenfeld Hoffmann Scholarships and Leadership Programme, os estudantes recebem ainda mentoria, fazem cursos para desenvolvimento de liderança e desenvolvem um projeto pro bono.

 

Bolsas de estudo em Singapura

Governo de Singapura oferece bolsas para PhD e pesquisa

O Governo de Singapura abriu inscrições para bolsas para PhD nas áreas de Ciências Biomédicas, Engenharia e temas ligados às Ciências Físicas (como Química, Física e Astronomia), pelo programa Singapore International Graduate Award (SINGA). É possível se candidatar até 1 de dezembro para o programa voltado a alunos de doutorado, que tem início em maio de 2020.

A bolsa cobre integralmente os valores de anuidade por até quatro anos de duração do programa. Há ainda um valor mensal de cerca de 2 mil dólares (que aumenta para 2,5 mil depois que o candidato faz a qualificação), auxílio financeiro de mil dólares para instalação no país e 1.500 dólares para passagens aéreas. Saiba mais.

 

Bolsas de estudo na Suécia

Universidade oferece 50 bolsas de estudo para mestrado

A Chalmers Unviersity of Technology está oferecendo 50 bolsas de mestrado na Suécia, onde está sediada, para estudantes estrangeiros. As bolsas, pare do seu programa IPOET Scholarships, são válidas para todos os quase 40 programas de mestrado ministrados na instituição, todos os quais têm duração de dois anos. As inscrições abrem em novembro e vão até 15 de janeiro.

É possível ver neste link a lista completa de programas contemplados. Há opções em áreas como Ciências da Computação, engenharia, automação, biotecnologia e química. As bolsas são parciais e cobrem até 75% do valor de tuition dos programas escolhidos. Com isso, o valor que deve ser pago pelo mestrado na Suécia fica em 35 mil coroas (cerca de R$ 14.650) por ano.

A universidade também oferece a estudantes com bom desempenho acadêmico no fim do primeiro ano uma bolsa adicional. Com ela, o apoio financeiro oferecido pela instituição chega a 85% do valor do segundo ano de estudos, levando os custos desse segundo ano a menos de R$ 10 mil.

 

Bolsas de estudo sem local definido:

Fundação oferece bolsas de doutorado para mulheres em ciências e exatas

A Fundação Schlumberger está com inscrições abertas até o dia 7 de novembro para o seu programa de bolsas, chamado Faculty for the Future Fellowship. Desde 2004, o programa oferece bolsas para mulheres de países em desenvolvimento que desejem fazer um PhD ou desenvolver pesquisa na área de ciência, tecnologia, engenharia e matemática (conhecidas em inglês pela sigla STEM). Também são elegíveis mulheres que desejem fazer o pós-doutorado nessas áreas no exterior.

As bolsas variam de acordo com as necessidades financeiras da estudante. Podem cobrir desde os valores de anuidade, como também custos de vida e passagens aéreas. Ao todo, o apoio financeiro pode somar US$ 50 mil anuais para bolsistas de pós-doutorado, ou até US$ 40 mil por ano para bolsistas de doutorado.

Fundação oferece bolsa de pós-graduação até US$ 10 mil a mulheres engenheiras

A Zonta International Foundation está com inscrições abertas para a Amelia Earhart Fellowship 2020. Trata-se de um programa de bolsas de estudo de pós-graduação para mulheres nas áreas de Engenharia Aeroespacial e ciências relacionadas. O nome do programa vem da aviadora estadunidense que estabeleceu diversos recordes e foi a primeira mulher a voar sozinha sobre o oceano Atlântico. As inscrições vão até 15 de novembro.

O programa oferecerá até 30 bolsas de até US$ 10 mil (cerca de R$ 38.300 na cotação atual) para mulheres que estejam fazendo doutorado em Engenharia Aeroespacial ou áreas relacionadas. Não é necessário que o curso seja fora do Brasil: a bolsa pode ser usada para auxiliar nos custos de estudos em qualquer instituição de ensino.

Bolsas integrais para mestrado em programa multinacional

Estão abertas as inscrições para o programa Master in Research and Innovation in Higher Education (MaRIHE), um mestrado multinacional na área de educação superior. O programa, com dois anos de duração, permite que o aluno estudo em oito universidades diferentes (sendo que, para completar o curso, deve passar por pelo menos cinco instituições), e conta com bolsas para mestrado em educação da Erasmus Mundos. As inscrições vão até 3 de dezembro.

As bolsas para mestrado em educação cobrem integralmente os €12.000 de tuition do programa, e oferece uma ajuda de custo mensal de €1.000 ao estudante, além de €1.000 euros de auxílio-instalação para o primeiro mês do programa. Finalmente, as bolsas cobrem também as despesas com viagens e passagens aéreas dos bolsistas, num valor de até €3.000 por ano.

Google abre inscrições para residência remunerada

O Google está recebendo inscrições para o seu AI Residency Program até 19 de dezembro. A residência de pesquisa do Google permite que os candidatos selecionados fiquem de um ano a um ano e meio trabalhando nos escritórios da empresa enquanto realiza pesquisa acadêmica em áreas relacionadas a inteligência artificial e machine learning.

Os escritórios com vagas disponíveis de residência ficam nos Estados Unidos, Canadá, Gana, Alemanha, Israel e Suíça. De acordo com a empresa, os candidatos escolhidos receberão salário durante a residência e um bônus de conclusão ao fim do período. A empresa também pode oferecer um auxílio-instalação caso o candidato necessite. Além disso, o residente também terá acesso a outros benefícios oferecidos pelo Google aos seus funcionários, como seguro de saúde.

Bolsas de estudo para mulheres em áreas relacionadas a paz

A International Peace Research Association (IPRA, associação internacional de pesquisas pela paz) está recebendo inscrições para a 2020 Dorothy Marchus Senech Fellowship. Trata-se de um programa de bolsas de estudos de pós-graduação para mulheres do “sul global” (categoria no qual o Brasil se inclui) cuja pesquisa tenha a ver com a promoção de paz no mundo. As inscrições vão até 15 de janeiro de 2020.

Serão selecionadas duas bolsistas pelo programa. Cada uma delas receberá um apoio financeiro de US$ 5 mil por ano, por dois anos, para ajudar a custear seus estudos. Como o principal critério do programa é a necessidade financeira, será dada prioridade a candidatas que não disponham de outros meios de financiar seus estudos.

  • Este artigo foi originalmente publicado pelo Estudar Fora, portal da Fundação Estudar