Não tem perigo de o investidor roubar minha ideia?

Se você teme ser copiado por qualquer pessoa, então já tem um problema para resolver antes de começar o negócio

São Paulo – “Tenho uma ideia de um novo negócio sensacional”, diz o aspirante a empreendedor ao potencial investidor. “É mesmo? Então me conte”, responde o investidor. “Não, não vou contar porque você pode roubar minha ideia”, diz o empreendedor.

O diálogo que você acaba de ler não é uma piada e já foi travado algumas vezes pelo presidente do site de comparação de preços Buscapé, Romero Rodrigues — que também é um investidor-anjo —, com pessoas que o procuram em busca de recursos para viabilizar seus negócios.

Romero dá a dica: um dos segredos de um bom negócio não é guardar sigilo sobre ele, mas pensar em quais serão os diferenciais que o tornarão difícil de ser copiado pelos concorrentes. A ideia de um site de comparação de preços como o Buscapé, por exemplo, pode parecer algo simples de ser reproduzido.

“Soube de gente que chegava para redes de varejo e dizia: ‘Estou abrindo um site como o Buscapé, você pode me mandar os arquivos de preços dos produtos, como manda para ele?’.

E os varejistas respondiam: ‘Mas a gente não manda nada, eles é que fazem a captura dos preços’. Só então as pessoas percebiam que era a nossa ferramenta tecnológica que fazia funcionar o negócio e que ele não era fácil de copiar”, diz Romero, que aconselha a exibição da ideia ou do plano de negócios sem restrição.

Ser arrojado ajuda

O engenheiro de produção Gustavo Milego Pereira, de Sorocaba, interior de São Paulo, deixou, aos 30 anos, uma promissora carreira na empresa de serviços tecnológicos NeoGrid para montar uma loja na internet e vender no Brasil uma nova marca de tênis.

Gustavo trabalhava na Neogrid havia quatro anos como gerente comercial quando conheceu o tênis Spira em abril de 2010, ao participar de uma maratona.


“Fiquei impressionado com a tecnologia do calçado, que devolve mais de 90% da energia de impacto da pisada”, diz Gustavo, que procurou a empresa e disse que a Spira, que já atuava na Europa e no Japão, precisava estar no Brasil e que ele era o melhor canal para isso. A estratégia funcionou. O investimento inicial foi de 250.000 reais, com dinheiro financiado pela Caixa. A loja virtual começou a operar em agosto.

Ter uma rede de relacionamentos faz a diferença

O networking é fundamental para o sucesso de seu novo empreendimento 

1 Uma boa rede de relacionamentos não serve só para divulgar o produto ou serviço. Ela é importante para a construção do negócio. Não tenha vergonha de pedir ajuda a amigos: advogado nas questões legais e jornalista no release.

2 Dê notícias e apareça: participe de palestras, congressos, feiras e seminários. 

3 Lembre-se de que, para preservar os relacionamentos, esse é um caminho de mão dupla. Assim como os amigos o ajudam, você deve estar disponível para ajudá-los.

4 Informe à sua rede sobre os novos passos de sua empresa, divulgue sempre as novidades. Para isso, crie uma página corporativa no Facebook.