Aprenda esta lição de carreira com o Batman para lidar com mudanças

Com a responsabilidade de vestir o traje do herói mais famoso do cinema, o ator Michael Keaton mostrou característica essencial para o sucesso na carreira

Adaptabilidade de carreira é o conceito contemporâneo que substitui a ideia de “maturidade de carreira”. No século XX, as estruturas de trabalho estáveis permitiam que se idealizasse uma trajetória de carreira linear, com constantes progressões de cargo, salário e prestígio.

As carreiras atuais se transformaram ao longo dos tempos e muitas vezes são caracterizadas por instabilidade, multilinearidade, multiplicidade de possibilidades, fazendo com que os colaboradores estejam atentos ao novo cenário.

A carreira não é mais gerida pelas organizações e sim pelo indivíduo, que deve identificar os contextos e buscar constantemente o aprimoramento do seu desenvolvimento, habilidades e capacidades. Investir em si próprio, nos seus propósitos de carreira é que abrirão as portas das oportunidades e da empregabilidade.

Muitos profissionais ainda jovens, pela cultura protecionista e familiar, além da escolar geraram grandes dificuldades de desenvolvimento da proatividade, levando assim potenciais talentos a se perderem nas possibilidades de carreira, esperando sempre por alguma iniciativa das organizações.

A adaptabilidade é definida como a capacidade de se estar apto a absorver as mudanças nas condições do trabalho. É um conjunto de atitudes identificadas, como a atenção (atitude de se manter atento ao futuro), controle (reação que tem impacto direto no futuro profissional), curiosidade (estar de olho em todas as possibilidades e oportunidades) além da confiança (essa sim diz respeito à convicção de que os esforços terão resultados positivos através de uma postura otimista e determinada apesar dos desafios e obstáculos que possam aparecer).

Quer um exemplo da vida real para um dos personagens mais famosos do mundo?

Com a responsabilidade de vestir o traje do super-herói mais famoso do cinema, o Batman, o ator Michael Keaton aproveitou de sua claustrofobia. Isso mesmo.

Segundo o ator, o tom fechado e sombrio do personagem – um dos pontos mais elogiados de sua atuação – só foi possível porque a roupa do homem morcego o deixava praticamente confinado. Acredita que ele não conseguia nem ouvir direito quando usava a máscara?

E apesar de ter sido o pioneiro e considerado por muitos fãs o melhor Batman de todos os tempos, a aceitação não foi fácil para ele. Reconhecido na época como um ator de comédia, a sua escalação para o filme gerou bastante controvérsia antes da estreia e a adaptação ao gênero de aventura, com tom dramático, rendeu ainda o humor ideal para a personagem.

Portanto, não importa se é na indústria do cinema ou na carreira, mas se adequar às mudanças será sempre necessário. E nos processos seletivos do atual mundo VUCA, um dos principais pré-requisitos é a capacidade de adaptação. Portanto, vamos ser flexíveis sempre na vida profissional e pessoal.