A nível de ou em nível de: qual é o certo?

Reinaldo Passadori ensina como não errar feio quando tais expressões entram em cena

* Respondido por Reinaldo Passadori, do Instituto Passadori – Educação Corporativa

Sabemos que precisamos equilibrar a formalidade e a informalidade quando se trata do uso da linguagem. No momento que escolhemos ser formais, significa que o ambiente pede a escolha mais adequada das expressões verbais e não verbais.

Falo sobre isso porque ao participar de uma reunião, vivenciei a seguinte cena: um jovem executivo foi questionado sobre os resultados de sua área, então o fatídico erro com o uso da língua portuguesa aconteceu quando ele respondeu: “a nível de reconhecimento de nossos clientes atingimos nosso objetivo, mas em nível de receita, não atingimos a meta”.

A expressão usada pelo jovem “a (em) nível de” é comum em situações informais, porém no ambiente corporativo, que nos encontrávamos, não é o recomendado e aceito. Além disso, essa locução não é aceita pelos nossos gramáticos, bem como a expressão em nível de.

A norma culta nos explica que na linguagem coloquial, as construções citadas acima têm significado aproximado de outras locuções, como “em âmbito”, “em termos de status”. Contudo, é melhor que o falante use palavras de sentidos indiscutíveis como “em relação a”, “em termos de”, para que não sofra constrangimentos em determinados ambientes sociais.

Então, quando optar pelo uso de orações como: “Em/A nível de capital, a Grécia está praticamente falida.”, diga: “A Grécia está praticamente falida, pois não tem capital.”

É importante ressaltar que o uso de “a nível de” está correto quando a preposição “a” está aliada ao artigo “o” e significa “à mesma altura”, exemplos:

a) Não posso dizer que quem mata está ao nível de pessoas que roubam, no que diz respeito às consequências.
b) Hoje, o Rio de Janeiro acordou ao nível do mar.

Da mesma forma, a expressão “em nível de” está utilizada corretamente quando equivale a “de âmbito” ou “com status de”. Exemplos:

a) O plebiscito será realizado em nível nacional.
b) A votação da nova lei federal será feita em nível de direção.

A conclusão que devemos chegar é que as expressões por si não estão erradas, porém, o uso precisa estar alinhado ao contexto correto.


 

 

Reinaldo Passadori é CEO e fundador do Instituto Passadori – Educação Corporativa