Sim, a cerimônia é importante no trabalho

Por que doses moderadas de formalidade e cuidado são importantes nas relações profissionais

São Paulo – O que normalmente dizemos a uma pessoa amiga que chega à nossa casa ou escritório é “não faça cerimônia, sinta-se à vontade”. Tenho estudado com profundidade o processo de colaboração nas empresas e sinto que cerimônia é algo importante. Minhas pesquisas estão tentando descobrir o que aumenta a colaboração e o que constrange esse processo tão fundamental para a execução das tarefas do dia a dia.

Além do fato de a colaboração exigir que os participantes comunguem dos mesmos valores, tenham clareza quanto aos objetivos e compartilhem os benefícios e resultados do trabalho a ser realizado, percebi que existe um fator que aumenta o equilíbrio das relações e facilita a colaboração enormemente.

É quando os participantes da equipe que está procurando encontrar na colaboração uma força coletiva conseguem manter, entre si, uma relação positiva de cerimônia. 

Essa relação significa respeitar os limites do outro, respeitar as características pessoais e trabalhar o lado positivo das pessoas, e não ficar constantemente tentando corrigir os negativos. Respeitar limites é cuidar da relação de forma a não insistir nos temas e assuntos que o outro não gosta ou não domina.

Ter cerimônia é, antes de tudo, cuidar para que as individualidades sejam respeitadas. A quebra da cerimônia provoca o atrito e até mesmo o conflito. Perder a cerimônia é sempre atacar o outro nos seus pontos fracos, não dar chance de crescimento, inibir o desenvolvimento. Em qualquer relação, a cerimônia mantida garante a perpetuidade da relação, o respeito ao próximo e o cuidado com a consecução do resultado esperado. 

Ter cerimônia não é manter distância, não é criar uma barreira intransponível, e sim respeitar a idiossincrasia de cada um. Um casal precisa, para manter a relação saudável, ter e manter certa cerimônia no seu dia a dia. Familiares precisam manter a cerimônia. É saudável quando você liga para seu irmão e pergunta se pode passar na casa dele a certa hora avançada da noite.

Cerimônia é mais do que um protocolo de boa educação social, é uma necessidade comportamental que é demandada em qualquer relação a dois. Faça e pratique a cerimônia e você vai estabelecer e manter relações saudáveis e duradouras. Afinal, essa é uma das competências de maior importância no mundo moderno.

Luiz Carlos Cabrera escreve sobre carreira. É professor da EAESP-FGV, siretor da AMROP Panelli Motta Cabrera e membro do Advsory Board da AMROP International