A Ampla trata as videoconferências como aliadas

A empresa está espalhada por quatro diferentes regiões do país, e faz questão de espalhar suas mensagens sem ruído

Niterói (RJ) – A Ampla distribui energia elétrica para uma população de 6,3 milhões de pessoas no estado do Rio de Janeiro. Mas é dentro de casa que ela gasta energia para disseminar seus objetivos estratégicos entre seus 8.238 funcionários — 1.187 próprios, 6.851 parceiros, 149 estagiários e 51 jovens aprendizes.

Além de grande, sua população está espalhada em quatro regiões do país, separada por distâncias que variam de 1.000 a 2.500 quilômetros. Para passar todas as mensagens sem ruídos, a Ampla desenvolveu diversas ações e canais, o que lhe rendeu o destaque neste Guia na categoria Estratégia e Gestão, que avalia como a empresa transmite sua cultura e suas metas de forma eficiente.

“Investimos em um movimento grande de integração da holding, e a videoconferência virou uma de nossas maiores aliadas”, diz Carlos Ewandro Moreira, diretor de RH. Lançado em 2011, o Programa RH na Estrada faz com que os profissionais da área de gestão de pessoas passem o dia nas usinas, abordando diversos assuntos com os empregados.

Outra peça fundamental na disseminação da estratégia é o próprio presidente, que mantém dois programas formais para alinhar objetivos e expectativas. Um deles é o encontro mensal de divulgação de resultados, no qual ele apresenta o desempenho do plano estratégico nas perspectivas de empregados, clientes, acionistas e sociedade.

O outro é o tradicional Café da Manhã com o Presidente, que busca aproximar os profissionais da alta direção e falar de diretrizes de negócios. Os diretores também têm seu dia de rota. A Diretoria Itinerante permite que eles passem o dia em um polo operacional, ouçam críticas e sugestões e compreendam a realidade do local.

Todo esse cuidado na difusão das informações levou a Ampla a mudar a forma de atuação de seus líderes na ponta. Hoje, eles precisam mostrar para cada empregado seu papel na estratégia da companhia. Não importa se ele trabalha em Garruchos, no Rio Grande do Sul, ou em Cachoeira Dourada, em Goiás.

PONTO(S) POSITIVO(S) PONTO(S) A MELHORAR
Em 2011, foi lançado o projeto Home Office, permitindo que os profissionais trabalhem de casa em dias e horários estabelecidos pela empresa. Alguns funcionários acham que a informalidade dentro da empresa pode levar ao descumprimento de processos ou à falta de disciplina no dia a dia.