6 sugestões inspiradoras para quem quer passar o Carnaval vendo filmes

Filme com Ryan Gosling no papel de Neil Armstrong está lista elaborada pela equipe do CIEE com longas que têm lições de carreira interessantes

São Paulo – Nem só de trio elétrico e samba na avenida se faz uma folga de Carnaval. Para quem busca lampejos de inspiração e, não, apenas lantejoulas, os executivos do Centro de Integração Empresa-Escola – CIEE sugeriram alguns filmes com histórias de transformação e lições edificantes.

“Os filmes escolhidos apresentam lições diferentes e complementares”, diz Vinicius Santos, superintendente de Recursos Humanos do CIEE.  Confira:

Escritores da Liberdade

É uma história real sobre uma escola de periferia cujos alunos têm problemas de aprendizagem.  Inspirados por uma professora que lhes dá voz, os jovens, antes desacreditados, começam a perceber seu valor.  No elenco, Hilary Swank e Patrick Dempsey.

Coach Carter 

Único da lista que está disponível Netflix, o filme conta a história do técnico de basquete Ken Carter, vivido por Samuel L. Jackson. Ele aceita preparar o time de sua antiga escola, que fica em um bairro pobre e violento.   Para encarar a missão, o técnico impõe um rígido código de conduta aos jovens.

Um Sonho possível

Um jovem com vocação para jogar futebol americano, mas que não tinha estrutura familiar que o apoiasse, encontra na adoção o amparo que precisava para deslanchar no esporte. O filme é baseado em uma história real e deu o Oscar de melhor atriz a Sandra Bullock.

“Escritores da Liberdade, Coach Carter e Um Sonho Possível mostram cenários em que alunos desacreditados e com pais ausentes têm na figura da professora, do treinador e até do próprio esporte a possibilidade de um futuro e oportunidades para crescer”, diz Vinicius Santos, superintendente de RH do CIEE. Segundo ele, são histórias inspiradoras sobre capacidade de ir além e perseguir sonhos.

Um Senhor Estagiário 

No puro estilo nunca é tarde para recomeçar. “O filme mostra o embate de gerações dentro de um escritório. Nesse caso, o senhor de 70 anos é o estagiário, mas temos em muitas empresas o contrário. O interessante é que as duas gerações se mostram abertas para discutir e contribuir cada uma da sua maneira para o crescimento da empresa e o amadurecimento pessoal de cada um deles”, diz Santos.

Ainda que ele fique perdido ao começar a trabalhar em ambiente de startup, o estagiário sênior enriquece o trabalho em equipe com seu olhar experiente. 

Primeiro Homem

 Recém-saído telas de cinema e ganhador do Oscar de efeitos visuais, o filme estrelado por Ryan Gosling e Claire Foy traz a biografia de Neil Armstrong, primeiro homem a pisar na lua.

A trajetória do astronauta uma aula de perseverança e mostra a importância de estar preparado academicamente e revela que mesmo com toda a dedicação e preparo erros via de regra fazem parte do processo.

“Imaginem se Neil Armstrong desistisse no primeiro obstáculo? O importante é aprender, amadurecer e ajustar os ponteiros para que seja possível atingir as metas, sejam elas pessoais ou profissionais”, diz Santos.

Moneyball – O Homem que Mudou o Jogo

Baseado em uma história real, o filme mostra a importância de tomar decisões com o amparo de dados e fatos. Se hoje o uso de big data é realidade no esporte, na época em que Billy Beane, o gerente do time de beisebol Oakland começou a usar não era assim que funcionava.  Sua atuação pioneira ao escolher jogadores com base em dados foi desacreditada no começo mas acabou revolucionando o baseball nos Estados Unidos.

“Acredito que Primeiro Homem e Moneyball tem histórias e aprendizados semelhantes. Ambos conseguiram atingir um sonho, uma meta ousada, que poucas pessoas acreditavam. Eles foram visionários, se prepararam, estudaram e mantiveram o foco no objetivo que apenas eles conseguiam enxergar”, diz Santos.