5 palavras em inglês inventadas pelo mundo da tecnologia

De "phising" a "AI", conheça termos que o mundo das máquinas e computadores legou ao universo de falantes do inglês (e também do português)

Não é novidade que os termos em inglês invadiram nossa comunicação diária. De tempos em tempos, é preciso fazer uma revisão do vocabulário que se torna frequente no nosso dia a dia, especialmente sobre tecnologia.

Hoje definimos 5 palavras, porém tivemos de usar mais de 20 palavras em inglês para descrevê-las (em itálico) — com tecnologia, é assim. Veja abaixo:

Fintech

Resultado da fusão das palavras finance e technology, as fintechs definiam ferramentas de cryptocurrency (criptomoeda ou criptodinheiro) e programas de compliance de área financeira. Mais recentemente,  são usadas para se referir às startups tecnológicas do setor financeiro, que estão substituindo os bancos em alguns serviços.

Phishing

O termo se refere ao roubo de informações como senhas ou números de cartão de crédito. Usando técnicas complexas de engenharia social e conhecimento de programação, os cybercriminosos fazem você acreditar que determinado site é verdadeiro. Quando você coloca seus dados, eles são roubados. Phishing é um jargão usado para designar um fishing (pescaria) , só que não de peixes em um rio, mas sim de informações pessoais na internet. Este termo foi usado pela primeira vez em 1996, quando o primeiro caso de roubo de informações foi registrado.

Open Source Software

Open source é uma filosofia que visa promover o acesso e a distribuição livre de um produto final, geralmente um software ou programa, podendo se estender para a implementação e design de outros objetos. O termo Open Source ganhou força com a popularização da internet, já que tem a ver com o conceito de dividir livremente informação, para que esta seja melhorada através de múltiplos insights e pontos de vista sobre esta informação, que é aberta ao público. Um código de um software open source é frequentemente downloadable ou seja, é possível fazer o download de graça, contanto que o usuário concorde com os termos de licença.Hoje praticamente todas as empresas usam algum software open source: para o desenvolvimento de banco de dados, ou apps, plataformas web e sistemas operacionais.

Big Data

O termo tem a ver com o mundo em constante mudança em que vivemos: quanto mais coisas mudam, mais essas mudanças são capturadas e armazenadas como dados (data). Como a maioria dos inúmeros dados coletados não são estruturados ou organizados, e dados desorganizados não têm valor, o processamento de grandes volumes de dados tornou-se valioso para diversos fins. O desafio é fazer com que o custo desse processamento não seja superior aos ganhos proporcionados com o uso dele.

A.I.

Artificial Intelligence, que batizou um filme produzido em 2001, hoje se refere a uma área da ciência da computação que lida com máquinas inteligentes. Essas máquinas trabalham, reconhecem voz, planejam, reagem, aprendem imediatamente após cada erro cometido e tomam decisões com relativa precisão (com base em algoritmos de situações semelhantes no passado).  Estamos cercados e dependentes de várias delas, e esse processo só vai aumentar daqui para frente.

FONTES:

Techopedia

WordReference

 Rosangela Souza é fundadora e sócia-diretora da Companhia de Idiomas e da ProfCerto. Também é professora de técnicas de comunicação, gestão de pessoas e estratégia no curso de Pós-Graduação ADM da Fundação Getúlio Vargas.